Crise nas Infinitas Terras: Marv Wolfman, autor dos quadrinhos, vai escrever a versão televisiva



O autor dos quadrinhos de “Crise nas Infinitas Terras”, mais famosa história da DC Comics, vai trabalhar em sua adaptação televisiva. O nome de Marv Wolfman foi citado pelo roteirista e produtor Marc Guggenheim durante o painel da série “Arrow” no encontro semestral entre executivos da indústria televisiva e a TCA (Associação dos Críticos de TV dos EUA).

Wolfman e Guggenheim estão escrevendo juntos o episódio 8 de “Arrow”, que representa a participação da série do Arqueiro Verde no crossover do Arrowverso deste ano, batizado justamente de “Crise nas Infinitas Terras”.

A história original de 1985 ficou famosa por matar super-heróis clássicos, como o Flash (a versão de Barry Allen) e a Supergirl (Linda Lee Danvers), o que foi um choque para os leitores da época.



A inspiração do projeto foi uma iniciativa editorial para simplificar a cronologia confusa de universos alternativos e Terras paralelas da DC, que saiu do controle após começar de forma criativa, com a introdução da Terra 2 em 1961, nos quadrinhos do Flash. A ideia era juntar todos os personagens de Terras paralelas num mesmo universo coeso, que se reiniciaria após o desfecho do evento.

Marv Wolfman e seu parceiro artista George Perez receberam a missão de resolver o problema. A dupla estava em alta na editora, após reinventar a Turma Titã como Novos Titãs e disparar a popularidade dos personagens. E foram eles que conceberam a solução para eliminar o conceito do Multiverso: uma catástrofe sem precedentes, que destruiu todas as Terras paralelas, reunindo os sobreviventes de outras dimensões na única Terra remanescente, a Terra 1 (também chamada de Terra Prime). O evento foi tão traumático que alterou as próprias linhas do tempo, apagando não só a existência, mas a própria lembrança das outras Terras eliminadas.

A versão televisiva de “Crise nas Infinitas Terras” será contada em cinco capítulos, entre dezembro e janeiro, envolvendo as séries “Arrow”, “The Flash”, “Supergirl”, “Legends of Tomorrow” e a estreante “Batwoman”.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings