Cinco filmes de produção brasileira para ver na Netflix



A produção cinematográfica brasileira está em alta. Prova disso foi a performance dos filmes brasileiros na 72ª edição do Festival de Cannes, a melhor de todos os tempos. E para celebrar a boa fase, nada melhor que checar as boas opções de filmes brasileiros disponíveis na Netflix. Confira abaixo cinco sugestões.

Cidade de Deus (2002)

Um dos filmes mais icônicos da indústria cinematográfica brasileira das últimas décadas, “Cidade de Deus” mostra como o crime organizado nasce, cresce e floresce na Cidade de Deus, a comunidade do Rio de Janeiro que virou um dos lugares mais perigosos da cidade durante a década de 1980. Podemos acompanhar várias personagens ao longo da produção, cujos eventos podem ser traçados ate aos anos 1960. A história é narrada por Buscapé, um jovem que consegue escapar de seu destino no mundo do crime e viver mais um dia. É o único filme brasileiro listado nos 100 Melhores Filmes da BBC.

Tropa de Elite (2007)

Mais uma icônica produção brasileira conhecida pelo mundo. É um filme que mostra como é o dia a dia de um grupo de soldados e do seu capitão do BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais). O capitão do grupo
encontra-se cansado e esgotado e pretende encontrar um substituto para o seu lugar, antes de se aposentar. Este filme foi vencedor do Urso de Ouro, o mais prestigioso prêmio do festival de Berlim. É um filme bastante impactante devido ás discussões que levanta sobre o mundo da droga, a forma como esta afeta a sociedade e a sociedade afeta o mundo da droga, bem como pelo levantamento de questões sobre os procedimentos dos policiais.

Hoje Eu Quero Voltar Sozinho (2014)



Um outro filme com uma marca forte, “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho”, lançado em 2014, conta a história de um adolescente cego que necessita de ajuda para se deslocar. Devido à sua condição, sua
mãe o superprotege, o que gera algum conflito com o jovem. Entretanto, na escola, conhece um novo colega de classe, pelo qual se apaixona, descobrindo a sua homossexualidade. Esta produção ganhou o prêmio da Crítica
Internacional no Festival de Berlim.

Temporada (2018)

Este filme segue a aventura de Juliana, que se muda de Itaúna, no interior de Minas Gerais, para Contagem, na zona metropolitana de Belo Horizonte, como consequência de um concurso publico. Vai para trabalhar no combate de
endemias, transmitidas por mosquitos e outros agentes transmissões. Mas acaba fazendo mais, pois vê a sua vida recomeçar em diversos níveis. Conhece pessoas novas, com quem vive o dia a dia. O filme segue estas personagens num retrato carinhoso sobre um segmento da sociedade brasileira que vai sobrevivendo o dia a dia, sem ilusões ou luxos. Mas sempre com muita alegria e garra.

Mais Forte Que o Mundo: A História de José Aldo (2016)

Uma história verídica, relata a jornada do lutador de MMA José Aldo, nascido e criado em Manaus numa família de pai alcoólatra e violento. Como escape para a realidade, Aldo recorre aos combates. Seguimos depois o seu
caminho até ao Rio de Janeiro, onde junto do seu treinador Dedé, inicia finalmente a sua grande carreira de lutador.





Back to site top
Change privacy settings