Atriz de The Walking Dead negocia viver a cantora Selena em série da Netflix



A atriz Christian Serratos, intérprete de Rosita em “The Walking Dead”, abriu negociações com a Netflix para estrelar uma série sobre a vida de Selena Quintanilla, estrela da música Tejana.

A produção ainda não tem cronograma definido, porque o principal entrave das negociações é a agenda da atriz. Para ela assinar o contrato, as gravações precisariam acontecer no intervalo de tempo disponível entre as temporadas da série de zumbis. Ou então Rosita encontrar um fim precoce em “The Walking Dead”.

Como os produtores querem começar a rodar os episódios no mês que vem no México, isso pode representar um grande spoiler sobre o destino de Rosita, já que a personagem está durando mais em “The Walking Dead” do que nos quadrinhos originais de Robert Kirkman, onde foi decapitada no primeiro confronto com os Sussurradores.

Intitulada “Selena: The Series”, a atração da Netflix tem roteiro e produção de Moisés Zamora (“American Crime Story”), com apoio da família da cantora, que morreu em 1995. Segundo a sinopse, a série será “uma história de amadurecimento, em que seguimos Selena enquanto os seus sonhos se realizam e ela se depara com escolhas de quebrar o coração”.


Selena começou carreira no final dos anos 1980, destacando-se entre vários cantores “tejanos” (latinos que vivem no Texas, nos EUA) que tentavam sucesso na época. Com o disco “Amor Prohibido”, lançado em 1994, a cantora eternizou o seu maior hit, “Bidi Bidi Bom Bom”, venceu um Grammy e passou a ser chamada de “Madonna tejana”.

Sua morte aconteceu logo em seguida, em 1995, assassinada a tiros aos 23 anos de idade por uma fã e parceira de negócios, Yolanda Saldívar, que segue presa até hoje pelo crime. Foi tão inesperada e violenta que alimentou um verdadeiro culto em torno da artista.

A carreira curta da cantora já ganhou um filme, batizado apenas de “Selena”, lançado em 1997 com Jennifer Lopez no papel-título. Além disso, o canal Telemundo também produziu uma série recente sobre ela, “El Secreto de Selena”, lançado em setembro do ano passado.

A nova atração de streaming não tem previsão de estreia.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings