Atriz de The Rookie revela nome das pessoas que denunciou por racismo e assédio durante gravações da série



A atriz Afton Williamson revelou, em uma nova postagem no Instagram, os nomes dos responsáveis por alegados assédio sexual, discriminação racial e bullying que ela teria sofrido durante as gravações da série “The Rookie”.

A intérprete da policial Talia Bishop na 1ª temporada de “The Rookie” decidiu não retornar para o segundo ano da atração estrelada por Nathan Fillion (o “Castle”) e desabafou sobre o que aconteceu no domingo passado (4/8), em seu Instagram. Ela afirmou ter denunciado o mau comportamento de duas pessoas no set e que nenhuma providência foi tomada, até que os abusos viraram ataque na festa de encerramento da temporada inaugural, o que finalmente levou à demissão da chefe da equipe de cabeleireiros da série.

Agora, ela deu nome aos bois, tirando do anonimado as pessoas a quem acusa.

“Nesta temporada em ‘The Rookie’ fui sexualmente assediada pelo ator Demetrius Grosse. Fui racialmente discriminada e sexualmente abusada pela Chefe dos Cabeleireiros, Sally Nicole Ciganovich”, declarou Williamson em sua postagem.

No post anterior, Afton contou ter informado ao showrunner da série, Alexi Hawley, sobre o que havia sofrido. “Ele não fez nenhum registro nem repassou o problema para o departamento de Recursos Humanos, como havia prometido. O chefe dos cabeleireiros só foi demitido depois da agressão sexual, e não por causa de um ano inteiro de comentários racistas e bullying.”

Ela ainda acrescentou: “Depois que eu fiz a primeira denúncia de assédio sexual, me informaram que o ator em questão iria ser demitido. Mas também pediram que eu gravasse com ele no dia seguinte, porque o roteiro já estava escrito. Esse ator voltou a participar da série no fim da temporada, e eu tive que gravar novamente cenas com ele.”

A atriz explicou que o pouco caso fez com que ela preferisse abandonar a série. “A única vez que me chamaram para participar da investigação foi quando pedi uma reunião com os executivos assim que anunciaram que teríamos uma 2ª temporada. Meu agente e um representante do sindicato também estavam presentes, e ficou claro para todos ali que o showrunner não havia passado minhas acusações adiante”, reclamou.



Logo após as denúncias, a presidente da ABC, Karey Burke, abordou o assunto no evento semestral da TCA (Associação dos Críticos de TV dos EUA). Surpresa com o caso, ela disse a rede, responsável pela exibição da série, estava “aguardando os resultados da investigação” antes de tomar uma posição.

No Brasil, “The Rookie” é exibida pelo canal pago Universal.

Ver essa foto no Instagram

To my Fans, my Friends, my Supporters: I want to Thank EVERY SINGLE ONE OF YOU. I am so beyond overwhelmed by the outpouring of love, kind words, scriptures, strength filled quotes and devout support that has come my way. One Instagram post is just like those 2 fish and 5 loaves of Bread. The rippling effect it has had in just a few hours shows how much this world is aching with victims of racism, discrimination, sexual harassment, sexual assault, sexual abuse all of it. I am no stranger to all of the above even before this experience. But it is through this experience and my platform that God pushed me to use the power within me. It just takes a VOICE. I never imagined so many of us have experienced these horrible circumstances and that can NO LONGER GO UNHEARD. We have a voice. ALL OF US. It is our DUTY to use it. I used to fear the word Victim. I scoffed at it because all I was told when these injustices happened to me, was to Survive. Survivor I am. Victim I am also. A victim of injustice. A victim of assault. A victim of abuse and harassment. If you have experienced any of the above, you are too and I for one stand with you and I’m no longer afraid to be vocal about it. We Can Stand Together. Let’s Change This Sickness. That Change starts with US. This season on The Rookie, I was sexually harassed by fellow actor Demetrius Grosse. I was Racially Bullied and Discriminated against and Sexually Assaulted by Hair Department Head Sally Nicole Ciganovich. Let’s BE the CHANGE we WANT to SEE❤️👊🏾🙏🏾

Uma publicação compartilhada por Afton Williamson (@therealaftonw) em



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings