Cuba Gooding Jr. vai se entregar à polícia após sofrer acusação de assédio sexual


O ator Cuba Gooding Jr. pretende se entregar à polícia de Nova York nesta quarta (12/5) para ser interrogado a respeito de uma acusação de assédio sexual que circula desde domingo (9/6).

Vencedor do Oscar por sua performance em “Jerry Maguire: A Grande Virada” (1996) e indicado ao Emmy por interpretar O.J. Simpson na 1ª temporada de “American Crime Story” (em 2016), o ator foi denunciado por uma mulher de 29 anos cuja identidade a polícia está mantendo em segredo. A acusadora alega que Gooding apalpou os seus seios sem permissão durante um evento no Magic Hour Rooftop Bar & Lounge, na região de Manhattan, em Nova York.

Segundo o site TMZ, ele já pediu que o vídeo de segurança do local, onde supostamente ocorreu o assédio, seja visto pelos investigadores do caso.



“Existe uma gravação que mostra exatamente o que aconteceu”, garantiu em entrevista para o site. “Eu acredito no sistema de justiça e deixarei o processo falar por si mesmo”.

A mulher que denunciou Gooding deixou o bar após o suposto incidente, ligando para o número da emergência pouco depois. A Divisão de Vítimas Especiais da polícia de Nova York está realizando a investigação, e tentando obter as fitas de segurança mencionadas pelo ator.

Gooding acabou de filmar “Life in a Year”, drama indie em que contracena com Cara Delevingne (“Esquadrão Suicida”) e Jaden Smith (“Depois da Terra”).


Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.



Back to site top
Change privacy settings