Se Eu Fechar os Olhos Agora: Minissérie de época estreia segunda na Globo



A Globo lança nesta segunda-feira (15/4) na TV e em sua plataforma Globoplay a minissérie de época “Se Eu Fechar os Olhos Agora”, que foi originalmente disponibilizada em agosto no serviço Now, pay-per-view da Net. Veja o trailer abaixo.

A produção adapta o romance homônimo do jornalista Edney Silvestre, premiado com o troféu Jabuti em 2010. Mas a prévia evidencia influência do filme “Conta Comigo”, que por sua vez era adaptação de um conto de Stephen King.

Passada no começo dos anos 1960, a história gira em torno de dois amigos de infância, Paulo (João Gabriel D’Aleluia e a voz de Milton Gonçalves na narração da trama) e Eduardo (Xande Valois), que durante um passeio descobrem o corpo de uma moça morta, chamada Anita (Thainá Duarte). O crime muda completamente a vida dos dois, que passam a investigar e tentar solucionar o assassinato com a ajuda de um homem misterioso chamado Ubiratan (Antonio Fagundes).

Com essa premissa de aventura juvenil, a minissérie aborda várias questões, como racismo, machismo e classes sociais. E Anita não é a única morte da história, que aumenta os riscos para os dois jovens protagonistas.



O elenco ainda traz Murilo Benício como o prefeito Adriano, Débora Falabella como a primeira-dama Isabel, Gabriel Braga Nunes como o empresário Geraldo, Mariana Ximenes como sua esposa Adalgisa e Renato Borghi como o marido de Anita, Francisco.

A minissérie foi gravada entre novembro de 2017 e janeiro de 2018 na cidade mineira de Catas Altas, de apenas 5,3 mil habitantes. E este cenário natural é um dos pontos altos da produção, escrita por Ricardo Linhares (da novela “Babilônia”) e com direção de Carlos Manga Junior (“Zorra Total”) e André Câmara (“Novo Mundo”).

Com 10 episódios, “Se Eu Fechar os Olhos Agora” vai ao ar às segundas, terças, quintas e sextas, logo após a novela “O Sétimo Guardião”.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings