A Maldição da Chorona estreia em 1º lugar na América do Norte



Em plena Páscoa, uma praga fez sucesso nos cinemas norte-americanos. “A Maldição da Chorona” estreou em 1º lugar neste fim de semana nos Estados Unidos e Canadá. Com US$ 26,5M (milhões), liderou as bilheterias, mas não virou uma praga bíblica, já que teve um dos faturamentos mais fracos do chamado “universo Invocação do Mal”.

A produção não contou com aval da crítica. Na verdade, só não teve a pior avaliação entre os filmes produzidos por James Wan porque “A Freira” o precedeu. Mesmo assim, foi considerado podre com 32% de aprovação no site Rotten Tomatoes – “A Freira” é podríssima, com 26%.

O mercado internacional adicionou mais US$ 30M ao lançamento, gerando ao todo US$ 56,5M para os cofres da Warner. Isto significa que o filme, orçado em US$ 9 milhões, deu lucro na estreia.

A Warner comemorou dobradinha no ranking, com “Shazam!” no 2º lugar em sua terceira semana em cartaz. Orçado em US$ 100M, o filme do super-herói da DC Comics atingiu US$ 121,3M no mercado doméstico e já tem US$ 322,8M em todo o mundo.

O 3º lugar ficou com a segunda estreia da semana, o drama evangélico “Superação: O Milagre da Fé”, que no Brasil ficou conhecido como “o filme do Bolsonaro”. Fez US$ 11,1M em sua estreia, mais do que costumam render as produções que botam “fé” no título. O fato de ser o principal lançamento religioso da Páscoa na América do Norte, somado à presença da atriz Chrissy Metz, da série-fenômeno “This Is Us”, ajudou sua decolagem.

A semana só teve dois lançamentos amplos, nenhum deles superprodução, diante da expectativa causada pelo calendário da semana que vem – a estreia de “Vingadores: Ultimato”, que deve bater todos os recordes.

De resto, vale registrar uma façanha rara no ranking: dois títulos subiram posições em relação à semana passada.

Na espera por “Vingadores”, “Capitã Marvel” escalou do 6º para o 4º lugar e atingiu número redondo nas bilheterias norte-americanas: US$ 400M – já são mais de US$ 1 bilhão em todo o mundo.

E a animação “O Elo Perdido”, que estreou em 9º na semana passada, atingiu o 8º.

Como consolo, ela superou o candidato frustrado a blockbuster “Hellboy”, que despencou para o 10º lugar em sua segunda semana, consagrando-se como um dos maiores fiascos de 2019.

Confira abaixo os demais rendimentos dos 10 filmes mais vistos no final de semana nos Estados Unidos e no Canadá, e clique em seus títulos para ler mais sobre cada produção.



BILHETERIAS: TOP 10 América do Norte

1. A Maldição da Chorona
Fim de semana: US$ 26,5M
Total EUA e Canadá: US$ 26,5M
Total Mundo: US$ 56,5M

2. Shazam!
Fim de semana: US$ 17,3M
Total EUA e Canadá: US$ 121,3M
Total Mundo: US$ 322,8M

3. Superação: O Milagre da Fé
Fim de semana: US$ 11,1M
Total EUA e Canadá: US$ 11,1M
Total Mundo: US$ 20,5M

4. Capitã Marvel
Fim de semana: US$ 9,1M
Total EUA e Canadá: US$ 400M
Total Mundo: US$ 1B

5. A Chefinha
Fim de semana: US$ 8,4M
Total EUA e Canadá: US$ 29,3M
Total Mundo: US$ 34,1M

6. Dumbo
Fim de semana: US$ 6,8M
Total EUA e Canadá: US$ 101,2M
Total Mundo: US$ 307,8M

7. Cemitério Maldito
Fim de semana: US$ 4,8M
Total EUA e Canadá: US$ 49,5M
Total Mundo: US$ 95,6M

8. O Elo Perdido
Fim de semana: US$ 4,3M
Total EUA e Canadá: US$ 12,9M
Total Mundo: US$ 12,9M

9. Nós
Fim de semana: US$ 4,2M
Total EUA e Canadá: US$ 170,4M
Total Mundo: US$ 245,7M

10. Hellboy
Fim de semana: US$ 3,8M
Total EUA e Canadá: US$ 19,6M
Total Mundo: US$ US$ 19,6M


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings