Killing Eve: A obsessão continua no trailer da 2ª temporada


O canal pago americano BBC America divulgou o primeiro trailer da 2ª temporada de “Killing Eve”. A prévia mostra que o jogo de gata e rata entre as duas protagonistas continua, em toda sua obsessão e perigo mortal.

Criada pela atriz e roteirista inglesa Phoebe Waller-Bridge (criadora-protagonista de “Fleabag”), a série é baseada no romance homônimo de Luke Jennings e gira em torno de duas mulheres: Eve (Sandra Oh), uma oficial de segurança do MI5, o serviço secreto britânico, cujo trabalho burocrático não cumpre suas fantasias de ser uma espiã, e Villanelle (Jodie Comer), uma assassina talentosa que se apega aos luxos que seu trabalho violento lhe dá.

Os novos episódios vão explorar as consequências do confronto entre as duas no final da temporada inaugural. Segundo a produtor executiva Emerald Fennell, “o que Eve fez a mudou para sempre” e isso terá repercussões em todos os seus relacionamentos.

Uma das séries mais elogiada da temporada passada, com 97% de aprovação no site Rotten Tomatoes e premiada como a Melhor de 2018 pela Associação dos Críticos de TV dos Estados Unidos (TCA), “Killing Eve” não é apenas um fenômeno de crítica. A atração encerrou sua 1ª temporada com uma façanha raríssima, ao conseguir aumentar seu público em todos os episódios exibidos. Isto significa que cada capítulo foi visto por mais pessoas que o anterior, o que fez o final da temporada ter 85% mais telespectadores que a sintonia da estreia.



A série também quebrou recorde na plataforma digital da BBC America, tornando-se o programa mais assistido da história de seu serviço de streaming. Na versão digital, “Killing Eve” é a única série da BBC America que atingiu mais de 1 milhão de espectadores por episódio.

A 2ª temporada estreia em 7 de abril nos Estados Unidos.

A série é disponibilizada no Brasil pela plataforma Globoplay.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings