Brad Pitt vai produzir documentário sobre o roqueiro Chris Cornell



O astro Brad Pitt vai se juntar ao diretor Peter Berg para produzir um documentário sobre Chris Cornell, o cantor das bandas Soundgarden e Audioslave que morreu em 2017, aos 52 anos.

Pitt já tinha se assumido fã de Cornell ao aparecer num show tributo ao músico, realizado em janeiro. E Berg, conhecido por assinar filmes de ação estrelados por Mark Whalberg – como “O Grande Herói” e “22 Milhas” – , vai dirigir o documentário.

Chris Cornell foi um dos fundadores da banda Soundgarden, em 1984, e se tornou um dos maiores ídolos do chamado “grunge”, o resgate do rock realizado pelas bandas de Seattle que se tornou um dos sons mais marcantes da década de 1990. Depois, formou o Audioslave com ex-membros do Rage Against the Machine e, ao assumir carreira solo, gravou até o tema de “007 – Cassino Royale” (2005), a música “You Know My Name”.



Em 2011, o Soundgarden voltou a se reunir para fazer shows. A banda estava no meio de uma turnê quando o cantor foi encontrado morto. A investigação concluiu que ele cometeu suicídio por enforcamento.

No domingo passado (10/2), Chris Cornell venceu um Grammy póstumo de Melhor Performance de Rock pela música “When Bad Does Good”, canção revela por sua viúva no ano passado. Cornell já tinha dois prêmios Grammy pelas canções “Black Hole Sun” e “Spoonman”, que ganhou com o Soundgarden em 1994.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings