Vidro aguenta as pedradas e lidera bilheteria dos EUA pelo segundo fim de semana

“Vidro” não se estilhaçou e manteve a liderança da bilheteria em seu segundo fim de semana de exibição nos Estados Unidos e Canadá. O longa arrecadou US$ 19 milhões entre sexta e domingo (27/1), chegando ao total de US$ 73M (milhões) no mercado doméstico.

O baixo orçamento, na casa dos US$ 23M, significa que a produção já é lucrativa. O que é uma boa notícia para o diretor Night M. Shyamalan, pois todo o filme foi financiado por ele mesmo, aguentando pedradas sem misericórdia da crítica, com apenas 36% de aprovação na média do Rotten Tomatoes.

Em 2º lugar, a dramédia “Amigos para Sempre”, remake americano de “Intocáveis”, também manteve a mesma posição da semana anterior. O longa estrelado por Kevin Hart faturou mais US$ 12 milhões para atingir US$ 63,1M na América do Norte, mas ainda não cobriu seu orçamento, estimado em US$ 37,5 milhões, e vai precisar do público internacional para empatar as despesas.

E aí reside o problema, já que esta é a terceira versão da mesma história e o original foi um maiores sucessos mundiais recentes do cinema francês entre o público que lê legendas. No Brasil, onde foi lançado em 17 de janeiro, não entrou nem no Top 10.

Surpresa da semana passada, “Dragon Ball Super: Broly” desabou para o 10º lugar do ranking norte-americano, após abrir em 3º.

Com isso, “Aquaman” voltou ao Top 3. O longa do super-herói marinho fez mais US$ 7,3M, que o ajudou a atingir US$ 1,09B mundiais e bater o recorde de arrecadação de “Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge” (2012), virando a adaptação de maior bilheteria da DC Comics em todos os tempos.

As más notícias começam em 4º lugar, pois as estreias de sexta (25/1) não tiveram um desempenho tão bom. “O Menino Que Queria Ser Rei”, versão infantil da lenda do Rei Arthur passada nos dias de hoje, fez apenas US$ 7,2 milhões em seu 1º fim de semana. A crítica aprovou, com 86% no Rotten Tomatoes, mas o longa protagonizado pelo filho de Andy Serkis (o César da franquia “Planeta dos Macacos”) vai precisar fazer mágica no exterior. O lançamento no Brasil acontece na quinta (31/1).

Já “Calmaria” foi por água abaixo, abrindo em 8º lugar com apenas US$ 4,8M. Trata-se de recorde negativo para Anne Hathaway: pior bilheteria de estreia da carreira da atriz. O noir tropical, que também é estrelado por Matthew McConaughey (que já fez coisa pior), também foi torpedeado pela crítica, afundando com 22% de aprovação. Chega nos cinemas brasileiros em 28 de fevereiro.

Confira abaixo os rendimentos dos 10 filmes mais vistos no final de semana nos Estados Unidos e no Canadá, e clique em seus títulos para ler mais sobre cada produção.

BILHETERIAS: TOP 10 América do Norte

1. Vidro
Fim de semana: US$ 19M
Total EUA e Canadá: US$ 73,5M
Total Mundo: US$ 162,6M

2. Amigos para Sempre
Fim de semana: US$ 12,2M
Total EUA e Canadá: US$ 63,1M
Total Mundo: US$ 69,2M

3. Aquaman
Fim de semana: US$ 7,3M
Total EUA e Canadá: US$ 316,5M
Total Mundo: US$ 1B

4. O Menino que Queria Ser Rei
Fim de semana: US$ 7,2M
Total EUA e Canadá: US$ 7,2M
Total Mundo: US$ 10,4M

5. Homem-Aranha no Aranhaverso
Fim de semana: US$ 6,1M
Total EUA e Canadá: US$ 169M
Total Mundo: US$ 338,1M

6. Green Book – O Guia
Fim de semana: US$ 5,4M
Total EUA e Canadá: US$ 49M
Total Mundo: US$ 59,3M

7. A Caminho de Casa
Fim de semana: US$ 5,2M
Total EUA e Canadá: US$ 30,8M
Total Mundo: US$ 41,3M

8. Calmaria
Fim de semana: US$ 4,8M
Total EUA e Canadá: US$ 4,8M
Total Mundo: US$ 4,8M

9. Escape Room
Fim de semana: US$ 4,3M
Total EUA e Canadá: US$ 47,9M
Total Mundo: US$ US$ 76,4M

10. Dragon Ball Super: Broly
Fim de semana: US$ 3,6M
Total EUA e Canadá: US$ 28,9M
Total Mundo: US$ 98,8M