Série de Jean-Luc Picard vai refletir a queda do Império Romulano



A misteriosa série que marcará a volta do Capitão Jean-Luc Picard ao universo de “Star Trek” teve detalhes revelados numa entrevista com o produtor Alex Kurtzman para a revista Variety.

Ao falar sobre como conseguiu convencer o ator Patrick Stewart a retomar o papel que ele viveu entre 1987 e 2002 – da série “Star Trek: A Nova Geração” ao filme “Jornada nas Estrelas: Nêmesis” – , Kurtzman contou que preparou uma “sinopse” de 34 páginas sobre onde a história levaria seu personagem.

E o ponto de partida seria a queda do Império Romulano, abordada no filme do reboot da franquia, “Star Trek”.

Escrito, por coincidência, pelo próprio Kurtzman, o filme de 2009 mostrava o Spock clássico, vivido por Leonard Nimoy, viajando no tempo para impedir um sobrevivente da raça romulana de se vingar, mudando eventos do passado. Essa premissa foi o último ponto de referência à época da “Nova Geração” na franquia, que teria sido apagada com a vinda de Spock e os atos do vilão no passado.



Vale lembrar que Picard trabalhou com Spock para conseguir a paz com os romulanos em episódios clássicos de “A Nova Geração”, e que enfrentou os vilões em sua última aparição no cinema.

Segundo Kurtzman, a nova série vai mostrar como a queda do Império Romulano impactou o capitão da Frota Estelar. E foi isso que fez Patrick Stewart se interessar em voltar ao papel.

Ainda sem título, a atração vai chegar ao serviço CBS All Access no final de 2019 e se passará exatos 20 anos após os acontecimentos de “Jornada nas Estrelas: Nêmesis”, mostrando Picard em uma nova fase de sua vida.


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings