Estreias: Como Treinar o seu Dragão 3 e Vidro encerram trilogias de sucesso nos cinemas



2019 mal começou e a programação de cinema já apresenta filmes para constar na lista de melhores do fim do ano, além de projetar o final de duas trilogias de sucesso.

Melhor estreia ampla, “Como Treinar o seu Dragão 3” é para vibrar e chorar com os filhos. Não falta emoção ao filme que encerra a saga de nove anos do jovem viking Soluço e seu dragão Bangela. A produção chega ao Brasil quase um mês antes do lançamento nos Estados Unidos, mas a crítica americana já viu e amou, resultando numa aprovação de 100% na média do site Rotten Tomatoes.

Em comparação, “Vidro” é uma grande decepção. O diretor M. Night Shyamalan levou 19 anos para fazer a continuação do cultuado “Corpo Fechado” e o resultado, que se mescla ainda com “Fragmentado”, é o primeiro candidato ao Framboesa de Ouro 2020. Tão ruim que tem um personagem para explicar o que acontece em cena. A média no RT está em 37%.

Outros dois filmes americanos também chegam aos shoppings.

“Amigos para Sempre” é o remake americano do fenômeno francês “Intocáveis” (2011), que já tinha ganhado versão argentina, “Inseparáveis” (2016), e ficou no freezer por mais de um ano devido ao escândalo de Harvey Weinstein. O filme também é o primeiro lançamento dos novos donos da The Weinstein Company, agora chamada de Lantern Entertainment, e traz Kevin Hart (“Jumanji: Bem-Vindo à Selva”) como um desempregado de passado criminoso contratado para cuidar de um milionário quadriplégico, vivido por Bryan Cranston (“Breaking Bad”). Sim, você realmente já viu este filme, assim como os críticos americanos, que deram apenas 40% de aprovação no RT.

“O Peso do Passado” traz Nicole Kidman (“Big Little Lies”) irreconhecível em duas transformações físicas diferentes, dando vida a uma jovem policial infiltrada em uma gangue nos anos 1990 e uma mãe em busca de vingança nos dias de hoje. Havia expectativa de prêmios para a atriz, mas não é o único critério para destacar a qualidade da obra, que tem 72% no RT.

No circuito limitado, destacam-se mais dois filmes. E são melhores que as opções dos shoppings.

O principal é “Cafarnaum”, representante do Líbano no Oscar 2019 e, desde já, um dos melhores filmes do ano. Dirigido por Nadine Labaki (“E Agora Onde Vamos?”), acompanha um menino de rua que, ao ser preso por um crime, resolve processar os pais por negligência. Um dos filmes mais elogiados do Festival de Cannes 2018, venceu o Prêmio do Júri. 81% no RT.

E há “Temporada”, que abre o calendário de bons filmes nacionais. Primeiro longa de ficção de André Novais Oliveira (premiado em Cannes pelo curta “Pouco Mais de um Mês”), venceu cinco troféus no Festival de Brasília 2018, inclusive Melhor Filme, além de prêmios em festivais internacionais. Com olhar quase documental, acompanha o cotidiano de uma nova funcionária do departamento de saneamento público de Contagem (MG), vivida por Grace Passô (“Praça Paris”), Melhor Atriz em Brasília e Torino (Itália).

A programação ainda inclui mais uma comédia sobre a burguesia francesa. Veja os trailers e todas as sinopses abaixo.

Como Treinar o seu Dragão 3 | EUA | Animação

Soluço tem um grande sonho: encontrar um lar onde os dragões possam viver em paz. Mas, no meio deste plano, o perigo começa a rondar a sociedade viking quando o vilão Grimmel aparece para acabar com a liberdade dos dragões – especialmente Banguela.



Vidro | EUA | Fantasia

Após a conclusão de “Fragmentado” (2017), Kevin Crumb (James McAvoy), o homem com 24 personalidades diferentes, passa a ser perseguido por David Dunn (Bruce Willis), o herói de “Corpo Fechado” (2000). O jogo de gato e rato entre o homem inquebrável e a Fera é influenciado pela presença de Elijah Price (Samuel L. Jackson), que manipula seus encontros e guarda segredos sobre os dois.

Amigos para Sempre | EUA | Comédia

Philip (Bryan Cranston) é um homem rico que fica tetraplégico após sofrer um acidente. A situação o deixa desgostoso com a vida, já que está sempre rodeado de enfermeiros e pessoas para ajudá-lo. Até que um dia, durante a seleção de um assistente, ele simpatiza com Dell (Kevin Hart), um jovem com registro criminal que não tem a menor experiência na função. Philip decide contratá-lo e, ao seu lado, reencontra o prazer pela vida.

O Peso do Passado | EUA | Suspense

Erin Bell (Nicole Kidman) é uma detetive da polícia norte-americana que aceita participar de um plano arriscado, infiltrando-se entre bandidos para obter informações. A estratégia dá errado, gerando uma tragédia que marca a sua vida para sempre. Anos mais tarde, ela reencontra pistas da gangue de antigamente, e volta a perseguir os responsáveis por seu drama pessoal.

Temporada | Brasil | Drama

Juliana (Grace Passô) está saindo de Itaúna, no interior de Minas Gerais, para morar em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Seu novo emprego, em que ela combate endemias da região, cria situações pouco usuais e apresenta para ela pessoas novas, que começam a mudar sua vida. Adaptando-se à nova rotina, ela enfrenta dificuldades no relacionamento com seu marido, que também vai para a cidade grande.

Cafarnaum | Líbano | Drama

Aos 12 anos, Zain (Zain Al Rafeea) carrega uma série de responsabilidades: é ele quem cuida de seus irmãos no cortiço em que vive junto com os pais, que estão sempre ausentes graças ao trabalho em uma carmearia. Quando sua irmã de 11 é forçada a se casar com um homem mais velho, o menino fica extremamente revoltado e decide deixar a família. Ele passa a viver nas ruas junto aos refugiados e outras crianças que, diferentemente dele, não chegaram lá por conta própria.

Praça Pública | França | Comédia

Castro (Jean-Pierre Bacri) costumava ser um apresentador de TV de sucesso, mas sua fama ficou no passado. Quando sua produtora Nathalie (Léa Drucker) muda-se para o interior, ele vai parar em uma festa de abertura da casa junto com sua filha, sua ex-mulher, a atual namorada e uma porção de excêntricos convidados.


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings