blank

Marvel contrata roteirista de Mulher-Maravilha 1984 para escrever o filme do Mestre do Kung Fu

A Marvel está preparando seu primeiro filme com um herói asiático. Trata-se de uma adaptação dos cultuados quadrinhos do “Mestre do King Fu”.

O estúdio contratou o roteirista Dave Callaham, criador da franquia “Os Mercenários”, que atualmente está em alta em Hollywood, pois também assina o roteiro de “Mulher-Maravilha 1984”, “Zumbilândia 2”, o reboot de “Mortal Kombat” e “Homem-Aranha no Aranhaverso 2”.

Paralelamente, deu início à procura de diretores asiáticos ou de descendência asiática, buscando posicionar o projeto como novo marco da representatividade, uma espécie de “Pantera Negra” para asiáticos.

Shang-Chi, o Mestre do Kung Fu, foi criado por Steve Englehart e Jim Starlin em 1973, refletindo o sucesso dos filmes de kung fu do período – especialmente “Operação Dragão”, clássico de Bruce Lee lançado no mesmo ano. Sua origem também pegava emprestado o lendário Fu Manchu, criado na literatura pulp em 1912 pelo escritor inglês Sax Rohmer. O personagem foi o primeiro grande gênio do mal da ficção, responsável por popularizar o clichê do bigode de vilão e os planos de dominação mundial que se tornariam lugar-comum nas aventuras de James Bond.

Nos quadrinhos, Shang-Chi era ninguém menos que o filho de Fu Manchu, que passa a renegar o pai ao descobrir que ele não era o filantropo que dizia ser, aliando-se aos inimigos dele – os mesmos dos livros de Rohmer, com algumas criações inéditas, inclusive um suposto filho de James Bond.

O escritor Doug Moench e o desenhista Paul Gulacy (que desenhava Chang-Shi com a aparência de Bruce Lee) transformaram esse conceito numa história clássica a partir do segundo ano da publicação, passando a combinar kung fu com thriller de espionagem, num ritmo de ação intensa que já nasceu cinematográfico. E estrelado por vários astros de cinema, já que os personagens eram desenhados com feições de atores famosos. Além de Bruce Lee, o “elenco” dos quadrinhos da época incluía Marlon Brando (visual do personagem James Larner), Marlene Dietrich (Juliette), Sean Connery (Clive Reston), David Niven (Ward Sarsfield), Groucho Marx (Rufus T. Hackstabber) e W. C. Fields (Quigley J. Warmflash).

Segundo o site Deadline, o filme deve mudar detalhes desta história de origem para evitar estereótipos. Mas será uma pena se Fu Manchu não for mantido como antagonista.

Ainda não há data de estreia prevista para a produção.