Polonês Guerra Fria lidera lista de indicados ao “Oscar Europeu”



A Academia de Cinema Europeu divulgou este sábado (10/11), durante a realização do Festival de Sevilha, a lista dos indicados a sua premiação anual, os European Film Awards, considerados o Oscar da Europa, que vai acontecer na cidade andaluza no dia 15 de dezembro.

O filme “Guerra Fria”, do cineasta polonês Pawel Pawlikowski, lidera a lista com cinco indicações. Além de disputar o troféu de Melhor Filme Europeu de 2018, “Guerra Fria” concorre às categorias de Direção, Ator (Tomasz Kot), Atriz (Joanna Kulig) e Roteiro – também a cargo do cineasta. Filmado em preto e branco como o longa anterior do diretor, “Ida” (2013), o drama aborda um romance entre um casal muito diferente, durante os anos 1950.

Palikowski já venceu o Oscar de Melhor Filme em Língua Estrangeira com “Ida” e este ano recebeu o prêmio de Melhor Direção no Festival de Cannes por seu novo drama, que estreia no Brasil em 7 de fevereiro.

Três filmes conseguiram quatro indicações: os italianos “Dogman”, de Mateo Garrone, e “Feliz como Lázaro”, de Alice Rohrwacher, e o sueco “Border”, de Ali Abassi. Estes três, mais “Guerra Fria” e o belga “Girl”, de Lukas Dhont, estão na disputa do prêmio de Melhor Filme.

Duas produções indicadas tem coprodução brasileira: “Diamantino”, dos portugueses Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt, que concorre a Melhor Comédia, e “Me Chame Pelo Seu Nome”, do italiano Luca Guadagnino, indicado ao Prêmio do Público, escolhido por votação popular.

Confira abaixo a lista completa dos indicados.

Melhor Filme Europeu
Border – Ali Abbasi
Guerra Fria – Pawel Pawlikowski
Dogman – Matteo Garrone
Girl – Lukas Dhont
Feliz como Lázaro – Alice Rohrwacher

Melhor Documentário Europeu
A Woman Captured – Bernadett Tuza-Ritter
Bergman – 100 Anos – Jane Magnusson
Of Fathers and Sons – Talal Derki
The Distant Barking of Dogs – Simon Lereng Wilmont
The Silence of Others – Almudena Carracedo & Robert Bahar



Melhor Diretor Europeu
Ali Abbasi – Border
Matteo Garrone – Dogman
Samuel Maoz – Foxtrot
Pawel Pawlikowski – Guerra Fria
Alice Rohrwacher – Feliz como Lázaro

Melhor Atriz Europeia
Marie Bäumer – 3 Days in Quiberon
Halldóra Geirharðsdóttir – Woman at War
Joanna Kulig – Guerra Fria
Bárbara Lennie – Petra
Eva Melander – Border
Alba Rohrwacher – Feliz como Lázaro

Melhor Ator Europeu
Jakob Cedergren – Culpa
Rupert Everett – The Happy Prince
Marcello Fonte – Dogman
Sverrir Gudnason – Borg vs McEnroe
Tomasz Kot – Guerra Fria
Victor Polster – Girl

Melhor Roteiro Europeu
Ali Abbasi, Isabella Eklöf & John Ajvide Lindqvist – Border
Matteo Garrone – Dogman
Gustav Möller & Emil Nygaard Albertsen – Culpa
Pawel Pawlikowski – Guerra Fria
Alice Rohrwacher – Feliz como Lázaro

Melhor Animação Europeia
Another Day of Life – Raul de la Fuente & Damian Nenow
O Homem das Cavernas – Nick Park
A Ganha-Pão – Nora Twomey
Caninos Brancos – Alexandre Espigares

Melhor Comédia Europeia
Assim É a Vida – Eric Toledano & Olivier Nakache
Diamantino – Gabriel Abrantes & Daniel Schmidt
A Morte de Stalin – Armando Iannucci

Melhor Descoberta Europeia – Prêmio FIPRESCI
Girl – Lukas Dhont
Um Dia – Zsófia Szilágyi
Scary Mother – Ana Urushadze
Culpa – Gustav Möller
Those Who Are Fine – Cyril Schäublin
Não Me Toque – Adina Pintilie

Prêmio do Público Europeu
Borg vs McEnroe – Janus Metz
Assim É a Vida – Olivier Nakache, Eric Toledano
Me Chame Pelo Seu Nome – Luca Guadagnino
Dunkirk – Christopher Nolan
O Destino de uma Nação – Joe Wright
Em Pedaços – Fatih Akin
A Morte de Stalin – Armando Ianucci
Valerian e a Cidade dos Mil Planetas – Luc Besson
Victoria & Abdul: O Confidente da Rainha – Stephen Frears



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings