Angelina Jolie e Brad Pitt entram em acordo por guarda dos filhos



Angelina Jolie e Brad Pitt chegaram a um acordo final sobre a custódia de seus seis filhos, após mais de dois anos de negociações judiciais.

“Um acordo de custódia foi acertado há semanas, e foi assinado por ambas as partes e pelo juiz”, disse a advogada de Jolie, Samantha Bley DeJean, em comunicado publicado pela agência Reuters.

“O acordo, que é baseado nas recomendações do avaliador de custódia infantil, elimina a necessidade de um julgamento. A ação e os detalhes do acordo são confidenciais para proteger os interesses das crianças.”

Angelina Jolie entrou com pedido de divórcio de Pitt em setembro de 2016, depois de 10 anos de relacionamento e dois de casamento, surpreendendo o mundo das celebridades. Na ação, ela exigiu custódia total dos filhos, o que foi contestado legalmente por Pitt, que entrou na justiça pelo direito a uma custódia compartilhada das crianças. O casal, conhecido como Brangelina, tem seis filhos, sendo três biológicos e três adotados.



O comunicado da advogada de Angelina não informou como a custódia foi definida e seus representantes se recusaram a dar mais detalhes. O que poderia ser um sinal de vitória de Pitt nesta disputa. Mas os representantes do ator ainda não comentaram a decisão.

A batalha pela guarda dos filhos seria julgada na próxima semana. Mas a resolução dessa questão não encerra a briga judicial do casal, que ainda precisa decidir sobre as propriedades compartilhadas. Como não fizeram um acordo pré-nupcial, há disputas de bens.

Os advogados de ambos pediram ao juiz que cuida do caso para esperar uma resolução privada até junho, antes de marcar um julgamento.



Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.



Back to site top
Change privacy settings