Primeira série live action do universo Star Wars ganha título e ligação com personagem conhecido



A primeira série “live action” (com atores reais) de “Star Wars” ganhou título e contexto. O diretor Jon Favreau (“Homem de Ferro” e “Mogli: O Menino Lobo”), responsável pela produção, revelou as primeiras informações importantes sobre o projeto em seu Instagram.

Com o nome oficial de “The Mandalorian”, a série seguirá um pistoleiro solitário, que seria uma espécie de “herdeiro” de Boba Fett.

“Após as histórias de Jango e Boba Fett, outro guerreiro emerge no universo ‘Star Wars’. ‘The Mandalorian’ se passa após a queda do Império e antes da emergência da Primeira Ordem”, escreveu o cineasta, completando: “Acompanharemos os percalços de um pistoleiro solitário nos confins da Galáxia, longe da autoridade da Nova República”.

Favreau já tinha comentado anteriormente que a produção ia se passar sete anos após a Batalha de Endor. Isto significa que o enredo vai cobrir o grande hiato entre os eventos de “O Retorno de Jedi” e os de “O Despertar da Força”, o que abre inúmeras possibilidades para os roteiristas se aventurarem.

Naquela galáxia distante, mandaloriano é quem nasceu no planeta Mandalore, um território da Orla Exterior que abriga uma comunidade de guerreiros que se opõe aos Jedi. O termo ficou mais conhecido por ser de lá que vem Boba Fett, o caçador de recompensas que foi despachado por Luke Skywalker em “O Retorno de Jedi” – além de seu “pai”, Jango Fett, visto em “O Ataque dos Clones”.

A sinopse de Favreau sugere que “outro guerreiro” emerge após as histórias de Jango e Boba, insinuando a possibilidade de outro clone da família Fett ou um contemporâneo de Mandalore.

Para completar, há rumores de que Pedro Pascal (“Narcos”) pode viver o protagonista da série.


A produção ainda está em estágio inicial e não tem previsão de estreia, mas a expectativa é que integre a primeira leva de séries exclusivas do novo serviço de streaming da Disney, com lançamento estimado para o final de 2019.

Visualizar esta foto no Instagram.

#starwars #TheMandalorian

Uma publicação compartilhada por Jon Favreau (@jonfavreau) em



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings