Fotos revelam participação do Flash dos anos 1990 no crossover Elseworlds


O ator Stephen Amell postou nas redes sociais novas fotos reveladoras do crossover “Elseworlds”. As imagens revelam a participação do ator John Wesley Shipp, que volta a trajar o uniforme clássico do Flash dos anos 1990.

Para quem não lembra, Shipp interpretou o Flash na primeira série do herói, que durou só uma temporada em 1990.

Ele também tem participação recorrente na nova série “The Flash”, na qual já viveu o pai de Barry Allen (Grant Gustin) e o Flash de Terra 3, Jay Garrick. Mas é a primeira vez que aparece com o uniforme clássico do Flash original. Curiosamente, ele posa ao lado da versão do Flash vivida por Stephen Amell, que no crossover troca de lugar com o intérprete habitual do personagem. Por sinal, uma das imagens também mostra Grant Gustin como Arqueiro Verde, completando a troca entre os heróis.

A troca de identidades reflete o título “Elseworlds”, que é o mesmo de um selo da DC Comics para histórias em quadrinhos passadas fora de cronologia e em universos paralelos – e que foi “traduzido” no Brasil como “Túnel do Tempo”. Para quem não conhece, as histórias publicadas com a marca Elseworlds têm liberdade para imaginar os heróis da editora em situações, épocas e mundos alternativos, sem afetar a linha do tempo principal dos quadrinhos. A iniciativa foi inaugurada em 1989 com “Um Conto de Batman: Gotham City 1889”, graphic novel em que Batman enfrentou Jack, o Estripador na era vitoriana. Títulos como “O Reino do Amanhã”, “Superman: Entre a Foice e o Martelo”, “Batman & Drácula” e “Batman & Houdini” também foram publicados pelo selo.

Mais uma curiosidade relacionada a esta linha editorial é que a nova temporada de “Supergirl” já está adaptando uma história dos Elseworlds, “Superman: Entre a Foice e o Martelo”. E é curioso observar que só Melissa Benoist continua como Supergirl em todas as fotos dos bastidores.

O crossover de “The Flash”, “Arrow” e “Supergirl” vai ao ar em dezembro nos Estados Unidos. As três séries são exibidas no Brasil pelo canal pago Warner.

Visualizar esta foto no Instagram.



Who said you should never meet your heroes?

Uma publicação compartilhada por Stephen Amell (@stephenamell) em

Visualizar esta foto no Instagram.

🤯🤯🤯🤯

Uma publicação compartilhada por Stephen Amell (@stephenamell) em


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings