Disney desenvolve versão com atores da animação Lilo & Stitch



A Disney está esgotando seu repertório de animações para transformar em filmes com atores. Seu mais novo projeto do gênero já vai adaptar um desenho lançado neste século: “Lilo & Stitch”.

Apesar de não ter sido um grande sucesso para os padrões modernos de bilheteria, o filme de 2002 foi considerado um momento de virada na história da animação da Disney e lançou várias sequências diretas para vídeo, além de séries de televisão.

A trama se passa no Havaí e acompanha a amizade entre uma garota humana solitária chamada Lilo e um alienígena parecido com um cachorro chamado Stitch, que foi projetado para ser uma força de destruição, mas acaba cativado pela amiguinha.

O filme original foi escrito e dirigido por Dean DeBlois e Chris Sanders, que depois estouraram com a franquia “Como Treinar Seu Dragão” na DreamWorks Animation.



A nova versão será um híbrido, misturando atores com um Stitch criado por meio de computação gráfica. E está sendo escrita por Mike Van Waes, novato que escreveu o terror “The Crooked Man”, próximo lançamento do universo de terror da franquia “Invocação do Mal”.

A produção está a cargo de Dan Lin e Jonathan Eirich, os mesmos produtores envolvidos no remake de “Aladdin”, que estreia em maio de 2019.

Ainda não se sabe se o filme será lançada nos cinemas ou no serviço de streaming da Disney, como o já anunciado remake de “A Dama e o Vagabundo”, e detalhes sobre elenco e direção ainda não foram anunciados.


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings