Station 19: Spin-off de Grey’s Anatomy ganha data de estreia no Brasil


A série “Station 19”, spin-off de “Grey’s Anatomy”, finalmente ganhou data para estrear no Brasil. O canal pago Sony anunciou que exibirá a nova série de Shonda Rhimes a partir de 20 de agosto, às 21h. Depois disso, a transmissão acontecerá todas as segundas no mesmo horário.

Assim, “Station 19” chegará ao Brasil três meses após o fim da exibição de sua 1ª temporada nos Estados Unidos.

A série de bombeiros é atualmente a terceira maior audiência entre os dramas da rede americana ABC, atrás apenas das médicas “Grey’s Anatomy” e “The Good Doctor”.

O spin-off de “Grey’s Anatomy” é assistido em média por 5,2 milhões de telespectadores ao vivo e rende 1 ponto na demo (a faixa demográfica de adultos entre 18 e 49 anos, mais relevante para os anunciantes). Cada ponto equivale a 1,3 milhão de adultos na medição da consultoria Nielsen.

Os episódios acompanham o trabalho dos bombeiros na cidade de Seattle, cuja estação – além de dar nome à série – fica a três quadras do hospital Grey Sloan Memorial. Alguns integrantes do hospital, entre eles a própria Meredith Grey (Ellen Pompeo), chegaram a participar do primeiro episódio – originalmente concebido como um capítulo de “Grey’s Anatomy”.



Para completar, um dos atores da série médica se mudou para a nova atração: o Dr. Ben Warren, interpretado por Jason George.

O resto do elenco inclui Jaina Lee Ortiz (série “Rosewood”), Miguel Sandoval (“Medium”), Gray Damon (“Aquarius”), Jay Hayden (“The Catch”), Okieriete Onaodowan (da peça “Hamilton”), Danielle Savre (“Too Close To Home”), Barrett Doss (“Punho de Ferro”) e Alberto Frezza (“Dead of Summer”).

A produção é o segundo spin-off de “Grey’s Anatomy”, que já rendeu a série derivada “Private Practice”, exibida de 2007 a 2013.

A 1ª temporada tem apenas 10 episódios, mas a atração já foi renovada para seu segundo ano.

Station 19


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings