Jeremy Renner se recusou a participar de Missão: Impossível – Efeito Fallout apenas para “morrer”



O sucesso nas bilheterias de “Missão: Impossível – Efeito Fallout” virou um bom negócio para um ator que se recusou a participar do filme.

Jeremy Renner, interprete do agente William Brandt nos dois “capítulos” anteriores da franquia, não conseguiu encaixar sua agenda com a produção. Ele estava fazendo “Te Peguei” e “Vingadores 4” no mesmo período das filmagens do sexto “Missão Impossível”. Mas o diretor Christopher McQuarrie teve a ideia de convidá-lo para fazer uma participação curta e rápida na produção, apenas para morrer em cena. Ele não aceitou.



O próprio McQuarrie revelou a história, durante a divulgação do filme. “Eu disse, ‘Então, eu tive essa ideia para a cena de abertura em que envolve você se sacrificar para salvar o time, e a missão dá errada não apenas no sentido de perder os plutônios, mas envolve a morte de um membro da equipe’. E Jeremy disse, ‘Obrigado, mas não, obrigado’. Ele foi esperto em não aceitar um pagamento pequeno para três dias de trabalho e depois ir embora”, disse o cineasta.

Foi esperto porque, assim, seu personagem poderá ganhar mais destaque no próximo filme – e render um pagamento melhor. Afinal, a Paramount vai querer continuar realizando mais “Missões: Impossíveis” após o desempenho de “Fallout”, que registrou a melhor estreia da franquia nos mercados doméstico, internacional e mundial.


Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.



Back to site top
Change privacy settings