Criadora de Sharp Objects diz que atração não terá 2ª temporada



O final eletrizante da minissérie “Sharp Objects”, exibido no domingo (26/8) no canal pago HBO foi mesmo o desfecho da série. Embora muita gente possa ter ficado com curiosidade sobre o que acontecerá com a protagonista Camille, interpretada por Amy Adams (“A Chegada”), a criadora da série, Marti Noxon, revelou que não há planos para realizar uma 2ª temporada.

“Está fora de cogitação, já que as pessoas vão para seus próximos projetos, e foi um time “A” muito difícil de reunir. Não é difícil imaginar (uma sequência) do ponto de vista da história, porque obviamente nós amamos esses personagens, mas do ponto de vista técnico parece complicado”, afirmou Noxon, em entrevista para a revista The Hollywood Reporter.

Além de Amy Adams, o elenco inclui Patricia Clarkson (da franquia “Maze Runner”), Chris Messina (“The Mindy Project”) e a jovem Sophia Lillis (revelação de “It: A Coisa”) como a versão adolescente da personagem de Amy Adams.



Adaptação do primeiro livro escrito por Gillian Flynn (a autora de “Garota Exemplar” e “Lugares Escuros”), publicado no Brasil como “Objetos Cortantes”, a série acompanhou uma jornalista (papel de Adams) que, depois de passar um tempo numa instituição psiquiátrica, precisa voltar à sua cidade natal para cobrir um caso de assassinato envolvendo duas meninas pré-adolescentes. Lá, a protagonista é forçada a conviver novamente com a sua mãe, uma mulher neurótica e hipocondríaca que ela mal conhece.

A série conquistou 93% de aprovação no Rotten Tomatoes e teve uma média de 1,1 milhão de telespectadores ao vivo nos Estados Unidos.

Todos os capítulos foram dirigidos pelo cineasta Jean-Marc Vallee (“Clube de Compra Dallas”), que fez o mesmo com “Big Little Lies”.



Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.



Back to site top
Change privacy settings