Cineasta Dario Argento acredita que acusações contra sua filha foram tramadas por Harvey Weinstein


O pai da atriz Asia Argento, o veterano cineasta italiano Dario Argento, mestre do terror e do suspense, pronunciou-se sobre as acusações de abuso sexual de menor que sua filha enfrenta desde a publicação de uma reportagem do jornal The New York Times no domingo (19/8). Para ele, há “um ar de conspiração” em torno das denúncias.

Em entrevista ao jornal La Stampa, Argento deu a entender que as acusações podem estar conectadas a Harvey Weinstein, visto que a filha denunciou o produtor de Hollywood por estupro. “Estou apenas fazendo suposições. Certamente, desde que Asia fez sua acusação, aconteceram reações violentas na Itália, até mesmo por parte de políticos. Muitos atacaram ela, e não Weinstein”, comentou.

O cineasta citou por nome dois políticos que fizeram ataques a sua filha, Vittorio Sgarbi e Matteo Salvini. “Temos que ver se essas acusações [contra Asia] são verdadeiras. Eu não acho que sejam. Acho que podem ser uma tentativa organizada de difamá-la. Acho que Weinstein disse para os seus advogados para inventarem alguma sujeira sobre ela”, acrescentou.

“Tudo o que está acontecendo me deixou em um estado mental negativo, é uma sequência de eventos desagradáveis”, lamentou o cineasta.



Argento, hoje com 77 anos, assinou clássicos como “Suspiria”, que em novembro ganha remake de Luca Guadagnino (“Me Chame pelo seu Nome”), e “O Pássaro das Plumas de Cristal”, marco do gênero giallo, suspenses sangrentos que inspiraram o slasher americano. Ele dirigiu a filha em muitos filmes, inclusive alguns de seus trabalhos mais recentes, como “O Retorno da Maldição” (2007) e “Drácula 3D” (2012).

Nesta terça (22/8), o site TMZ publicou uma foto íntima e mensagens de texto que comprovam as informações da matéria do Times, confirmando que Asia Argento pagou uma quantia (seriam US$ 380 mil) para o jovem ator Jimmy Bennet não acusá-la de abuso sexual de menor. Ele tinha 17 anos quando os dois transaram em 2013, nove anos após Bennet viver o filho de Argento no segundo longa que ela dirigiu, “Maldito Coração” (de 2004).

Segundo Asia, o pagamento foi ideia do seu namorado na época, o falecido chef Anthony Bourdain, que se suicidou em junho.


Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.



Back to site top
Change privacy settings