Filme do Coringa com Joaquin Phoenix ganha sinal verde da Warner



A Warner deu sinal verde para o começo da proução do filme solo do Coringa, que será estrelado por Joaquin Phoenix.

As filmagens vão começar em setembro e serão realmente dirigidas por Todd Phillips, que só fez comédias de tom besteirol em toda a carreira, como a trilogia “Se Beber Não Case”. Ele também assina o roteiro em parceria com Scott Silver (“O Vencedor”).

Phoenix teria pensado bastante sobre o convite e aceitado o papel, o que acelerou a produção.

O orçamento do projeto está na faixa de US$ 55 milhões, significativamente menor do que as produções de super-heróis do estúdio – um quinto do valor especulado de “Liga da Justiça”, por exemplo.



A Warner ainda não definiu o título nem uma data de lançamento para o filme, que está sendo descrito mais como um drama criminal que uma história de supervilão.

O lançamento não fará parte do universo cinematográfico da DC Comics (leia-se “Liga da Justiça”). Isto é, será independente dos outros filmes de super-heróis da Warner, sem seguir a cronologia das aparições de Batman no cinema. Com isso, o longa também irá testar a viabilidade de versões mais autorais de personagens de quadrinhos em histórias auto-contidas.

Além deste filme, a Warner tem outro filme do Coringa em desenvolvimento com Jared Leto, que interpretou o personagem em “Esquadrão Suicida”. Ao contrário do filme com Joaquin Phoenix, este projeto fará parte do universo conectado dos filmes da DC.


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings