Netflix anuncia produção de série brasileira do diretor de Bingo: O Rei das Manhãs

A Netflix anunciou a produção de mais uma série brasileira: a comédia dramática “Ninguém Tá Olhando”. A atração será comandada pelo cineasta Daniel Rezende, que dirigiu “Bingo: O Rei das Manhãs”.

De acordo com a sinopse oficial, “Ninguém Tá Olhando” vai contar a história de Uli, “um anjo da guarda inconformado com a arbitrariedade das ordens que recebe diariamente e que decide se rebelar”.

“‘Ninguém Tá Olhando’ adiciona uma dose de humor ácido a questões complexas da humanidade e explora a relatividade de conceitos como ‘bem’, ‘certo’ e ‘verdade’. A ideia é subverter concepções pré-estabelecidas para refletirmos sobre elas, logo após recuperarmos o fôlego de boas risadas”, afirmou Rezende no comunicado divulgado pela Netflix.

A série é a primeira parceria da Netflix com a produtora paulista Gullane, fundada pelos irmãos Caio e Fabiano Gullane. Já Daniel Rezende havia colaborado anteriormente com a empresa americana na direção de dois episódios de “O Mecanismo”, série de José Padilha que teve a sua 2ª temporada confirmada na segunda-feira (28/5).

Erik Barmack, Vice-presidente de Conteúdo Original Internacional da Netflix, comemorou a parceria: “O Brasil é um dos nossos principais mercados internacionais e em constante crescimento. Com as primeiras séries nacionais que realizamos, notamos o interesse do brasileiro em consumir ainda mais conteúdo local. Estamos animados para trabalhar com nossos parceiros da Gullane e consolidar nossa colaboração com um talento como Daniel Rezende. ‘​Ninguém Tá Olhando’ apresenta temas que interessam ao nosso público não só no Brasil, mas em todo o mundo, com um olhar crítico e bem-humorado sobre o que é ser humano nos dias de hoje.”​

“Ninguém Tá Olhando” será a sexta série brasileira original Netflix. Além de “3%” e “O Mecanismo”, que já estrearam, a plataforma de streaming prepara o lançamento da sitcom “Samantha!” neste ano, e desenvolve os dramas “Coisa Mais Linda”, sobre a época da bossa nova, e “Sintonia”, uma parceria com o produtor musical Kondzilla, dono do canal brasileiro mais visto no YouTube.

Além da série, Rezende também se prepara para dirigir “Turma da Mônica – Laços”, o primeiro filme com atores dos personagens de Mauricio de Sousa.