Série baseada em Máquina Mortífera pode acabar por mau comportamento do protagonista

 

O que começou como boato de mau comportamento de um ator não identificado de uma série popular, espalhado pelo jornalista Michael Ausiello no TVLine, acabou virando denúncia do site Deadline, que apurou nesta segunda (23/4) quem estava aprontando e qual série corre risco de ser cancelada por causa disso.

De acordo com a publicação, o ator Clayne Crawford, que interpreta o personagem Martin Riggs em “Leathal Weapon”, tem um histórico de mau comportamento no set de gravações. Segundo apuração do Deadline, os produtores já receberam várias reclamações de abuso emocional, dizendo que Crawford criou um ambiente hostil. A questão chegou a tal ponto que outros atores, bem como a equipe de “Lethal Weapon”, se sentem desconfortáveis de estarem no set com o ator.

O problema é tão grave que estaria ameaçando o futuro da série, baseada na franquia cinematográfica “Máquina Mortífera”.

A atração tem uma média de 4,2 milhões de telespectadores, audiência mais que razoável para o padrão da rede Fox. Mas pode ser cancelada se a equipe se recusar a atuar com Crawford.

O papel de Martin Riggs, que foi vivido por Mel Gibson no cinema, também pode ser reescalado com outro ator.

Isto era mais comum no passado – um dos casos mais famosos foi o marido de “A Feiticeira”, nos anos 1960. Mas, hoje em dia, os produtores tendem a simplesmente cortar o personagem, seja com uma morte conveniente, seja com uma explicação esfarrapada para o sumiço – casos de Kevin Spacey em “House of Cards” e Thomas Gibson em “Criminal Minds”.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna

Back to site top
Change privacy settings