Estrelas de Hollywood evitam Ryan Seacrest no tapete vermelho do Oscar 2018


O Oscar mais politizado de todos os tempos teve uma cobertura de calda de caramelo no canal pago E!. Com a decisão de manter Ryan Seacrest como apresentador, após ele ser acusado de assédio por sua ex-estilista, e com o peso de controvérsias sobre desigualdade salarial entre seus funcionários masculinos e femininos, que culminaram na demissão de uma produtora por permitir críticas ao vivo contra o canal no Globo de Ouro, a transmissão da E! evitou todos os temas importantes do ano: inclusão, igualdade, representatividade. Em vez disso, focou-se nos vestidos…

Para piorar, Seacrest não conseguiu entrevistar a maioria dos indicados ao Oscar e foi evitado como praga por grande parte das apresentadoras da noite. Questionados pela revista Variety, vários porta-vozes de celebridades confirmaram que seus clientes não falariam com ele no tapete vermelho.

A E! apostou no contrário, de que haveria protesto ao vivo, e programou uma transmissão com delay de 30 segundos para evitar exibir comentários negativos contra ela própria. Mas a reação das estrelas foi pior. Como um canal sobre celebridades vai poder continuar funcionando se as celebridades decidirem que não irão lhe dar atenção?

Houve um caso de tensão evidente no encontro entre Seacrest e Taraji P. Henson. Ao pedir que a atriz comentasse as duas indicações de Mary J. Blige no Oscar, ele acabou ouvindo: “Você sabe, o universo tem uma maneira de cuidar das pessoas boas”. Ela disse isso olhando-o fixamente e colocando a mão no queixo de Seacrest. “Você sabe o que eu quero dizer?”, perguntou firme, como quem roga uma maldição. Veja abaixo.

Logo em seguida, Henson foi abordada pela rede ABC, onde ela falou com a jornalista Wendi McLendon-Covey. Ao ser perguntada o que estava achando do evento, Henson respondeu: “Estou começando a me divertir agora que estou na sua companhia”.

O fato é que a rede ABC trouxe inúmeras entrevistas com os principais candidatos e estrelas da noite. Até os brasileiros da TNT – Hugo Gloss e Carol Ribeiro – saíram-se melhor que a cobertura da E!



Com poucas entrevistas, a emissora preferiu mostrar vestidos e trazer comentários de um grupo reunido na piscina do Hotel Roosevelt, próximo do Dolby Theatre, onde aconteceu a cerimônia do Oscar. De forma significativa, até o próprio Seacrest acabou desistindo de ficar em pé de black tie, sob o sol de Los Angeles, para se juntar à colega Giuliana Rancic na piscina, antes do final da transmissão.

Eles também comentaram sobre… o clima ensolarado da cidade.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings