Veja três cenas do filme vencedor do Festival de Berlim 2018

A Manekino Film divulgou o pôster e três cenas de “Touch Me Not”, filme vencedor do Festival de Berlim 2018. As prévias demonstram porque a obra foi considerada divisiva. Além de embaralhar fronteiras entre ficção e documentário, as imagens enfatizam corpos humanos, não necessariamente em harmonia com os padrões mais tradicionais de beleza e sexualidade.

“Touch Me Not” é o primeiro longa de ficção da romena Adina Pintilie, que também assinou o roteiro e apareceu na trama como ela mesma. O filme é resultado de um projeto de pesquisa pessoal da cineasta, que quis reaprender sobre intimidade sexual. A trama acompanha personagens que buscam respostas para suas obsessões ou fobias ligadas ao contato íntimo, como Laura (Laura Benson), uma cineasta que não gosta que lhe toquem, e Tómas (Tómas Lemarquis), que participa de terapia corporal com pessoas com deficiências congênitas.

Com direito a muitas cenas de nudez e masturbação, a obra dividiu opiniões desde sua primeira projeção, tanto entre o público quanto entre a crítica, a ponto de levar pessoas a abandonar a sessão antes de seu final.

“O que o filme propõe é: abra-se para o diálogo que o mundo a sua volta está oferecendo”, disse a diretora de 38 anos, ao receber o Urso de Ouro no festival alemão. “Foi um longo processo, durante o qual a equipe inteira assumiu vários riscos, e agradeço a coragem deles. É uma oportunidade de mostrar uma forma diferente de fazer filmes”.

Confira abaixo do que se trata – sem medo, pois não há nudez explícita, que por sinal existe no filme – , enquanto aguarda-se pelo cronograma de seu lançamento internacional.

Chris Thomas é uma eterna estudante de cinema com algumas pós-graduações e radicada em Paris há uma década.

Back to site top
Change privacy settings