Luc Besson negocia produzir e dirigir filmes exclusivos para a Netflix


A produtora EuropaCorp, do cineasta francês Luc Besson, está em negociações com a Netflix para produzir uma série de filmes originais para a plataforma de streaming. Segundo a revista Variety, o acordo prevê que o diretor de “O Quinto Elemento” e “Lucy” comande todos os filmes, que seriam produzidos com um orçamento de cerca de US$ 30 milhões.

O negócio também pode levar a Netflix a adquirir uma participação na biblioteca de filmes da EuropaCorp, que inclui títulos populares como as franquias “Busca Frenética” e “Carga Explosiva”.

O estúdio está enfrentando sérias dificuldades financeiras após o fracasso de “Valerian e a Cidade dos Mil Planetas”, filme mais caro já produzido na Europa, seguido por dois outros tombos colossais de filmes em que negociou direitos de distribuição: “O Círculo” e “Sua Melhor História”.



Com um rombo de mais US$ 200 milhões, a EuropaCorp se desfez de sua divisão francesa de produção televisiva, mas isso não foi o suficiente. Por conta disso, Besson tem recebido propostas de interessados em comprar o estúdio.

Em comunicado, a EuropaCorp confirmou que “iniciou discussões com vários parceiros financeiros e/ou comerciais para reforçar as suas capacidades financeiras”


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings