Elizabeth Olsen vai estrelar sua primeira série… no Facebook

 

A atriz Elizabeth Olsen, intérprete da Feiticeira Escarlate nos filmes dos “Vingadores”, vai estrelar sua primeira série. Apesar de ser a irmã caçula das famosas gêmeas Olsen, ela nunca nem sequer fez aparição numa série antes. Mas não será seu primeiro trabalho no gênero que a levará para a televisão. Ela vai estrelar sua primeira série no Facebook.

A rede social, conhecida como A Rede Social, encomendou 10 episódios de 30 minutos da atração, provisoriamente intitulada de “Widow” (viúva). A premissa é mantida em sigilo, mas o site TVLine apurou que se trata de uma comédia dramática, originalmente desenvolvida para o canal pago Showtime, sobre uma jovem viúva que se “reconecta com relacionamentos de seu passado”.

A série foi criada por Kit Steinkellner (roteirista de “Z: The Beginning of Everything”) e será dirigida pelo cineasta James Ponsoldt (“O Círculo”).

Além de estrelar, Olsen também será produtora da atração, ao lado da showrunner Lizzy Weiss (criadora de “Switched at Birth”), Steinkellner e Ponsoldt.

Ainda não há previsão para a estreia, mas a encomenda assinala um desenvolvimento que deve render mais novidades em breve, com a entrada em cena do Facebook no negócio de produções de séries.

Anteriormente, o Facebook salvou “Loosely Exactly Nicole” do cancelamento na MTV, com a encomenda da produção de uma 2ª temporada para exibição na rede social.

Esses novos conteúdos serão disponibilizados na plataforma Facebook Watch, lançada no ano passado e que começa a se popularizar entre os usuários da rede. Os planos para esse segmento ainda são nebulosos, pois até recentemente Mark Zuckerberg anunciava o negócio como rival do YouTube e baseado em divisão de renda de anúncios para os criadores. Com a encomenda de séries, o modelo se aproxima mais da Netflix.

Aguarda-se os próximos capítulos.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna

Back to site top
Change privacy settings