Criador da série Empire vai escrever nova versão do musical Oliver para a Disney



O roteirista Danny Strong, criador da série “Empire”, foi encarregado pela Disney de escrever uma nova versão do musical “Oliver!”, grande sucesso da Broadway e que já foi transformado num filme vencedor do Oscar – em 1969.

Assim como o filme premiado e a peça original, a trama é uma versão com músicas e danças do clássico infantil “Oliver Twist”, escrito por Charles Dickens no começo do século 19. Inúmeras vezes filmado – até por Roman Polanski! – , a história acompanha um órfão que, ao fugir de casa, vira trombadinha a serviço de um bandido cruel.

A nova versão será dirigida por Tommy Kail, que vai estrear no cinema após vencer o Tony (o Oscar do teatro) pelo famoso musical “Hamilton”, e será reimaginada em ritmo de hip-hop. A produção está a cargo de Marc Platt (“La La Land”) e do rapper Ice Cube (“Straight Outta Compton”).

Além de produzir, Ice Cube também terá um papel na adaptação, como o vilão Fagin, que comanda a gangue dos menores abandonados.



Vale lembrar que, recentemente, outro musical infantil também ganhou versão hip-hop, mas fracassou nas bilheterias: “Annie” (2014), produzido pelo rapper Jay Z.

Relembre abaixo um momento clássico da peça original, encenado ao vivo no “Ed Sullivan Show” em 1965, no mesmo dia em que os Beatles se apresentaram no programa. E, sim, o intérprete de Artful Dodger é ninguém menos que Davy Jones, futuro cantor dos Monkees. Veja também a versão da música “I’d Do Anything” conforme encenada no filme de 1968.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings