Roteirista de O Regresso vai escrever o Star Trek de Quentin Tarantino

A pré-produção do próximo filme da franquia “Star Trek” segue em velocidade de dobra espacial. Segundo o site Deadline, o roteirista Mark L. Smith, que escreveu “O Regresso”, filme responsável pelo Oscar vencido pelo ator Leonardo DiCaprio, fechou contrato para escrever a nova jornada da nave Enterprise. A filmagem vai reunir na ponte de comando o produtor J.J. Abrams (“Star Wars: O Despertar da Força”) e o diretor Quentin Tarantino (“Os Oito Odiados”).

Smith irá desenvolver uma ideia de Tarantino, que assumirá a direção do longa após terminar seu próximo filme, cuja produção ainda não começou.

Tarantino se reuniu com três roteiristas para definir qual escreveria o projeto, e conseguiu aval de Abrams e do estúdio Paramount para buscar uma classificação etária “R”, a mais elevada do cinema comercial americano. Assim, o próximo filme da franquia irá onde nenhum outro já foi antes: para o público adulto.

Todos os trabalhos de Tarantino tem classificação “R”, o que possibilita as doses de violência e linguagem despojada que caracterizam sua filmografia. O mais recente, “Os Oito Odiados”, foi liberado apenas para maiores de 18 anos no Brasil.

Os grandes estúdios de Hollywood costumam lançar suas franquias mais caras com a menor censura possível, para atingir um público maior e faturar mais nas bilheterias. Mas a Fox provou recentemente que era possível realizar blockbusters para maiores, com os sucessos de “Deadpool” e “Logan”.

Tarantino procurou Abrams, responsável pela franquia “Star Trek”, com uma ideia para a produção, entusiasmou o colega e os dois conseguiram convencer a Paramount. O próximo passo é aguardar o roteiro, que materializará a história para o começo da produção propriamente dita.

Enquanto o roteiro não fica pronto, o diretor trabalha em seu atual projeto, um longa ainda sem título sobre Charles Manson e o ano de 1969, em desenvolvimento na Sony. Abrams, por sua vez, prepara “Star Wars: Episódio IX”. Ambos os filmes só chegarão aos cinemas em 2019. E só depois disso os dois se teleportarão para a Enterprise.