Liga da Justiça teria mensagem secreta de Joss Whedon sobre qualidade do filme

Enquanto alguns fãs tentam convencer a Warner a lançar uma “versão do diretor” de “Liga da Justiça”, que apresente a visão integral de Zack Snyder, seu substituto na conclusão do filme, Joss Whedon, tem sido mantido distante da imprensa.

Whedon não participou das entrevistas de divulgação, nem fez comentários nas redes sociais ou compartilhou fotos do set, como Snyder tem feito. Mas mesmo em silêncio total já deu pistas sobre o que acha da produção que foi convocado a “consertar”, ao curtir uma série de tuítes que criticaram o vilão Lobo da Estepe.

Agora, os fãs repararam num sinal desconsertante no filme, uma espécie de “easter egg” escondido por Whedon, que explicitaria sua opinião e o motivo porque ele não tem falado sobre o lançamento.

Durante os créditos de abertura de “Liga da Justiça”, logo após o nome de Whedon aparecer como roteirista, o público é apresentado a um sem-teto, que mostra um cartaz em que se lê: “Eu tentei”. Muitos acreditam que isso é uma mensagem codificada de Whedon, sugerindo que ele tentou (e falhou em) salvar o filme.

Também é possível que seja mera coincidência. Mas não dá para negar que esse tipo de comentário sutil combina com o perfil do diretor.

“Liga da Justiça” está atualmente em cartaz nos cinemas brasileiros, após bater o recorde de arrecadação como a maior estreia do país em todos os tempos.