Disney Channel terá primeiro protagonista gay em série infantil



O Disney Channel vai incluir seu primeiro protagonista gay em uma série para crianças e adolescentes. A 2ª temporada de “Andi Mack”, que estreia nesta sexta (27/10) nos Estados Unidos, revelará que o menino Cyrus (Joshua Rush) tem sentimentos românticos por Jonah (Asher Angel), namorado da personagem título (vivida por Peyton Elizabeth Lee).

A saída do armário de Cyrus será a primeira narrativa do gênero no canal, que tem sua programação voltada para o público infantil, entre os 9 e os 16 anos de idade. O próprio intérprete do personagem, Joshua Rush, tem apenas 16 anos.

“Andi Mack conta a história de adolescentes descobrindo quem eles são. Terri, o elenco e todos os envolvidos na série tomam muito cuidado para se certificar de que o conteúdo é apropriado para todos os públicos e que mandará uma mensagem poderosa sobre inclusão e respeito para a humanidade”, disse um porta-voz do canal em nota divulgada à imprensa. O comunicado também afirma que a criadora da série, Terri Minsky, fez consultas a especialistas em desenvolvimento infantil para apresentar a jornada de autodescoberta de Cyrus e organizações LGBT+ assistiram ao primeiro episódio da temporada antes dele ir ao ar.

Alguns personagens de destaque do Disney Channel já tiveram a orientação sexual questionada, como Ryan Evans (Lucas Grabeel), da trilogia “High School Musical” (2006-2008), mas o melhor amigo de Andi será o primeiro a abordar abertamente o tema.



Até chegar nesse personagem histórico, o Disney Channel testou a receptividade de seu público com pequenas doses de diversidade sexual. Em 2014, um casal lésbico participou de um episódio da série “Boa Sorte, Charlie!” (2010-2014), como as mães de uma amiguinha de escola da personagem principal. E no início deste ano, o desenho “Star Contra as Forças do Mal” mostrou dois homens e duas mulheres se beijando rapidamente na plateia de um show musical. Mesmo com estes cuidados, teve pastor brasileiro pregando boicote ao canal por causa disso.

Mas vale destacar que mesmo a série “A Casa da Raven” (Raven’s Home), continuação de um dos maiores sucessos do canal e que estreia no Brasil no próximo domingo (29/10), mostra duas mães divorciadas criando seus filhos, numa configuração não tradicional do que conservadores definem como “lar de família”.

A 2ª temporada de “Andi Mack” tem estreia nacional prevista para 23 de dezembro. O que será rápido, considerando que o primeiro ano foi encerrado no domingo passado (22/10).



Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.



Back to site top
Change privacy settings