Camila Cabello vive estrela de novela em clipe com galã da série The Fosters

Camila Cabello lançou o clipe (e o pôster!) de “Havana”, em que celebra suas raízes cubanas com elementos musicais da salsa e cultura latina das telenovelas. No clipe, ela vive três personagens, protagonizando uma telenovela e um filme romântico, além da espectadora tímida de ambos – filha de imigrantes nos Estados Unidos, que sonha com um final feliz.

A cena da telenovela, que abre o clipe, é hilária por brincar com os clichês do gênero. Começa com uma traição do namorado com a melhor amiga e até a empregada, mas logo sofre reviravolta, graças à revelação de que, na verdade, se trata de um irmão gêmeo. O verdadeiro namorado permanece fiel e sai do armário, numa referência gay, para pedir a mocinha em casamento. Só que a fiação precária da casa de imigrante em que a espectadora Camila assiste ao desenrolar da história impede que a jovem veja como ela termina.

Depois de se desentender com a irmã americana festeira e receber um sermão da avó por preferir novelas à própria vida, ela acaba num cinema, onde se vê na tela com um amante latino. Tudo vai bem até que o casal se desentende e ela não se conforma com o desfecho que deixa a heroína sozinha. É quando a atriz Camila quebra a quarta parede e se dirige para a Camila espectadora: “Se você não gosta da minha história, vá escrever a sua”.

Pois assim que ela segue o conselho, dançando na rua, vê seu príncipe encantado de romance hollywoodiano cair a seus pés.

Bem-feitinho, “Havana” destaca a venezuelana Lele Pons e o porto-riquenho LeJuan James, celebridades do Vine, respectivamente como a irmã e a avó de Camila, sem esquecer o rapper Young Thug como si mesmo e o galã Noah Centineo, da série “The Fosters”, como o jovem príncipe encantado de bicicleta.

A direção é de Dave Meyers, responsável por alguns dos melhores clipes do ano, como “Swish Swish”, de Katy Perry, e “Humble”, de Kendrick Lamar.

A música faz parte do primeiro álbum solo da ex-Fifth Harmony, “The Hurting. The Healing. The Loving.”, que ainda não tem previsão de lançamento.

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna

Back to site top
Change privacy settings