Diretor comenta detalhes da participação de Cable e Dominó em Deadpool 2

Apesar da Fox ter dado um grande vacilo e deixado os filmes dos X-Men de fora da Comic-Con, algumas novidades acabaram surgindo em entrevistas com atores e membros de equipes técnicas presentes no evento por outros motivos.

O diretor David Leitch, por exemplo, deu ao site Screen Rant detalhes sobre como pretende utilizar Cable e Dominó em “Deadpool 2”.

Para começar, ele deixou claro que o filme não vai contar a conturbada origem de Cable. Isto porque, nos quadrinhos, Nathan Summers é o filho biológico de Cíclope (Scott Summers) e Madelyne Pryor (um clone de Jean Grey), que pertence a uma linha do tempo que pode ter sido modificada. Ele foi transportado ainda bebê para o futuro, onde cresceu como um guerreiro, antes de retornar ao presente – reparem que vir de um futuro alternativo para o presente parece ser uma característica de todos os filhos de Cíclope, como atestam Rachel Summers e Nate Gray.

“Acho que temos que selecionar bem como a gente usa esses personagens, porque há um cânone tão gigante nos quadrinhos que seria impossível colocar tudo na tela. Então, estamos sendo criteriosos na escolha do que usar e do que deixar para o futuro eventualmente, o que eu acho que as pessoas vão curtir. Tudo está dentro do espírito do que é canônico e também do espírito do filme de ‘Deadpool'”, ele explicou.

Sobre Dominó, Leitch diz que o poder que ela tem de alterar todas as probabilidades a seu favor será importante nas cenas de ação do filme. “Estamos empolgados para usar essa ideia na coreografia. No começo parece um problema, porque você precisa traduzir visualmente a sorte dela, mas depois vira a oportunidade mais legal do mundo.”

“Deadpool 2” traz Josh Brolin (que também é Thanos nos filmes da Marvel) como Cable, Zazie Beetz (série “Atlanta”) no papel Dominó e Ryan Reynolds de volta ao papel principal.

O novo filme terá os mesmos roteiristas, Rhett Reese e Paul Wernick, com o reforço de Drew Goddard (“Perdido em Marte”). E a estreia está marcada para 31 de maio no Brasil, um dia antes do lançamento nos Estados Unidos.