A Múmia pode dar prejuízo de US$ 95 milhões à Universal

 

Concebido como primeiro filme de um universo compartilhado na Universal Pictures, “A Múmia” pode acabar dando um prejuízo de US$ 95 milhões, segundo estimativas do site Deadline.

A produção estrelada por Tom Cruise custou US$ 125 milhões apenas para ser produzida, mais um montante de despesas de marketing que elevam seu orçamento total para mais de US$ 200 milhões. Entretanto, rendeu apenas US$ 57 milhões em duas semanas em cartaz na América do Norte. Em todo o mundo, o filme soma, até agora, US$ 293 milhões.

“A Múmia” não conseguiu atingir o 1º lugar nos Estados Unidos, abrindo em 2º e descendo para 4º no fim de semana passado. Com o lançamento de “Transformers: O Último Cavaleiro” no próximo fim de semana, deve cair ainda mais.

No Brasil, o filme também abriu em 2º lugar, sem conseguir superar “Mulher-Maravilha”.

Desde que a tendência de fracasso foi consolidada, a Universal não mencionou mais seus planos para o Dark Universe. Por enquanto, a produção de “A Noiva de Frankenstein”, dirigida por Bill Condon (“A Bela e a Fera”), segue confirmada.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.

Back to site top
Change privacy settings