blank

Dan Aykroyd culpa o diretor pelo fracasso da versão feminina dos Caça-Fantasmas



O fim de semana em que “Mulher-Maravilha” fez história para as heroínas femininas também trouxe à tona a lembrança de sua contrapartida: o fracasso de outra franquia recente estrelada por mulheres, a versão feminina de “Caça-Fantasmas”. Em entrevista ao Channel 4 britânico neste domingo (4/6), o ator Dan Aykroyd foi direto ao culpar o diretor Paul Feig pelo prejuízo nas bilheterias.

O filme foi bastante criticada por ser um caça-níquel com um truque banal: substituir o grupo original de Caça-Fantasmas por mulheres. Mas Aykroyd, um dos astros e roteirista do filme original de 1984, não viu problema na inversão sexual dos papéis. “As garotas estavam ótimas”, ele disse ao canal britânico. “Kate McKinnon, Melissa McCarthy, Kristen Wiig e Leslie Jones, que time talentoso temos aqui. Eu gostei muito do filme, mas ele custou caro e a Sony não gosta de perder dinheiro. O filme fez um bom dinheiro ao redor do mundo, mas também custou muito. A receita não foi suficiente para um novo filme”.

Para o ator, o fracasso – US$ 229 milhões de bilheteria mundial para um orçamento de US$ 144 milhões – se deve exclusivamente a decisões de Feig. Ele acusa o diretor de não querer ouvir a opinião dos produtores, o próprio Aykroyd entre eles, e exagerar no orçamento dos efeitos visuais, o que tornaria obrigatório seu sucesso mundial.

“Ele não quis gravar as cenas que sugerimos, coisas que eram necessárias. Ele simplesmente dizia: ‘Não, nós não precisamos disso.’ E isto custou caro, porque precisávamos delas. Nós fizemos uma primeira exibição do filme dele e a recepção foi ruim, então tivemos que regravar diversas cenas, o que acabou custando mais US 40 milhões para o estúdio. Provavelmente, nós não o veremos de volta na Sony tão cedo.”


Aykroyd tem acesso às informações dos bastidores de “Caça-Fantasmas” porque foi um dos produtores do filme.



blank

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.



Back to site top
Change privacy settings