Filme Mera Coincidência pode virar série de comédia política



Em sincronicidade com as palavras-chaves do governo de Donald Trump dos EUA, “fake news” e “fatos alternativos”, a HBO aprovou o começo de desenvolvimento de uma série de comédia baseada no filme “Mera Coincidência” (1997). Segundo o site The Hollywood Reporter, a adaptação será produzida pelo diretor do filme original, Barry Levinson, em parceria com o ator Robert De Niro, um dos astros da sátira política.

“Mera Coincidência” (Wag the Dog) acompanhava os esforços de uma equipe de relações públicas para desviar a atenção do público de um escândalo sexual envolvendo o presidente americano às vésperas de uma eleição. Para tanto, o grupo resolver chamar um cineasta e criar uma guerra fictícia. Além de De Niro, o elenco ainda destacava Dustin Hoffman e Anne Heche.



Na época, a trama era uma grande sátira ao escândalo sexual envolvendo o ex-presidente Bill Clinton, que quase sofreu um impeachment por ter mentido sob juramento a respeito de sua atividade sexual com a estagiária Monica Levinsky em pleno Salão Oval da Casa Branca. Mas não há dúvida de que o tom atual brincaria com as “notícias falsas” que Trump adora aludir em seu Twitter.

Por enquanto, apenas o roteiro foi encomendado, e será escrito por Rajiv Joseph (“A Grande Escolha”). Caso o projeto avance, Levinson vai dirigir o piloto.


Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.



Back to site top
Change privacy settings