Sci-fi clássica Fahrenheit 451 vai ganhar nova versão da HBO



A sci-fi clássica “Fahrenheit 451” vai ganhar uma nova versão, desta vez desenvolvida como telefilme para a HBO.

O livro de Ray Bradbury já originou um filme cultuadíssimo, dirigido pelo mestre da nouvelle vague François Truffaut em 1966. A nova versão terá roteiro e direção de Ramin Bahrani (“A Qualquer Preço” e “99 Casas”), e será estrelada por Michael B. Jordan (“Creed”) e Michael Shannon (que trabalhou com o diretor em “99 Casas”).

A influente trama distópica de Bradbury, originalmente publicada em 1953, passa-se num futuro totalitário, em que as pessoas sofrem lavagem cerebral de programas de televisão idiotizantes e são proibidas de ler. Nesta sociedade, o trabalho do corpo de bombeiros é um dos mais importantes, responsável por incendiar bibliotecas e qualquer resquício de cultura antiquada.

O nome da obra se refere à temperatura (451 em graus fahrenheit) da queima dos livros.


A história gira em torno de um dos bombeiros, Montag, que será vivido agora por Jordan, a partir do momento em que ele passa a questionar a motivação dos subversivos para esconder livros. Shannon interpretará seu chefe e mentor.

Jordan também participa do telefilme como produtor.

Ainda não há previsão para a estreia.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings