Filme da tragédia da banda Lynyrd Skynyrd terá título de disco clássico de rock



A cinebiografia da banda Lynyrd Skynyrd ganhou título oficial e data para começar suas filmagens.

Intitulado “Street Survivors: The True Story of the Lynyrd Skynyrd Plane Crash”, a produção começa a ser rodada no final de maio.

“Street Survivors” é, claro, o nome do álbum que a banda tinha lançado três dias antes do acidente, que trazia os músicos em meio à chamas (imagem acima). Anteriormente, o filme estava sendo divulgado como “Free Bird”, título de um de seus sucessos mais conhecidos.

Como aponta o subtítulo enorme e detalhista, a produção vai se concentrar no acidente de avião que causou a morte de três integrantes da banda. Mas não será apenas isso, garante o baterista Artimus Pyle, um dos sobreviventes da tragédia de 1977, em cujas memórias a trama é baseada.



“A história deste filme – a minha história – não é só sobre o acidente de avião, mas também a minha relação pessoal com o gênio que foi Ronnie Van Zant, a quem eu amava como irmão e de quem tenho saudades até hoje”, ele declarou, em comunicado divulgado em junho do ano passado, quando o projeto foi anunciado.

Lynyrd Skynyrd surgiu em 1973 e emplacou diversos clássicos do rock. Em outubro de 1977, no auge da carreira, a banda embarcou num pequeno avião modelo Convair 240, fabricado em 1947, que acabou caindo. O acidente matou o cantor Ronnie Van Zant e o guitarrista Steve Gaines, além da backing vocal Cassie Gaines (irmã de Steve), o road manager Dean Kilpatrick, o piloto Walter MacCreary e o co-piloto William Gray. 20 pessoas sobreviveram ao acidente, incluindo Pyle.

O filme será uma produção independente, dirigido por Jared Cohn (“A Vizinhança Assombrada”), especialista em filmes de terror de baixíssimo orçamento para o mercado de DVDs, que também vai assinar o roteiro em parceria com o baterista.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings