Rogue One arrasa as bilheterias dos EUA com estreia de US$ 155 milhões

“Rogue One: Uma História Star Wars” arrebentou as bilheterias dos EUA com a segunda maior estreia de dezembro em todos os tempos. Seus arrasadores US$ 155 milhões só foram menores que a arrecadação recorde de “Star Wars: O Despertar da Força” (US$ 249 milhões), lançado no ano passado.

O fenômeno é mundial, com estimados US$ 290 milhões de faturamento ao redor do mundo.

O que só comprova o acerto da estratégia da Disney em multiplicar uma única saga da LucasFilm em diversos filmes derivados.

Mesmo assim, a posta era alta, a ponto de a produção ter sofrido uma intervenção do estúdio, ganhando um novo final – várias cenas dos trailers simplesmente não aparecem no filme.

Afinal, o futuro da franquia estava em jogo.

“Rogue One” é o primeiro de uma série de spin-offs que explorarão o passado da saga espacial – um filme sobre a juventude de Han Solo já está em produção para 2018.

Entretanto, também é a história mais sombria já realizada no universo “Star Wars” e não deixa espaço para uma “nova” continuação. Isto porque a continuação já foi feita e se chama “Guerra nas Estrelas” (1977) – rebatizado de “Star Wars: Uma Nova Esperança” após o crescimento desmedido da franquia.

Resta aos fãs a “esperança” de rever Jyn Erso, a heroína vivida por Felicity Jones, em algum flashback, já que ela está contratada para aparecer em mais um “Star Wars”.

O sucesso de “Rogue One” foi contrastado pelo fracasso do outro único lançamento amplo da semana. O drama fantasioso “Beleza Oculta” fez apenas US$ 7 milhões, marcando a pior estreia da carreira do astro Will Smith. Vale lembrar que ele foi considerado recentemente o segundo astro mais superestimado de Hollywood, atrás de Johnny Depp.

Não bastasse o péssimo desempenho de público, o filme foi destruído pela crítica, com apenas 14% de aprovação no Rotten Tomatoes. Uma bomba completa, que está marcada para detonar no Brasil em 26 de janeiro.

Mas “Rogue One” não devastou tudo. “La La Land – Cantando Estações” também mostrou desempenho impressionante, ao subir para 7º lugar antes da ampliação completa de seu circuito. O musical, que venceu o Critics’ Choice Awards, o Festival de Toronto e concorre a sete prêmios no Globo de Ouro, está em cartaz em apenas 200 salas!

“La La Land” tem 94% de aprovação no Rotten Tomatoes e estreia em 19 de janeiro no Brasil.

BILHETERIAS: TOP 10 EUA

1. Rogue One – Uma História Star Wars
Fim de semana: US$ 155 milhões
Total EUA: US$ 155 milhões
Total Mundo: US$ 290,5 milhões

2. Moana – Um Mar de Aventuras
Fim de semana: US$ 11,6 milhões
Total EUA: US$ 161,8 milhões
Total Mundo: US$ 280,2 milhões

3. A Última Ressaca do Ano
Fim de semana: US$ 8,5 milhões
Total EUA: US$ 31,5 milhões
Total Mundo: US$ 51,3 milhão

4. Beleza Oculta
Fim de semana: US$ 7 milhões
Total EUA: US$ 7 milhões
Total Mundo: US$ 11,6 milhões

5. <Animais Fantásticos e Onde Habitam
Fim de semana: US$ 5 milhões
Total EUA: US$ 207,6 milhões
Total Mundo: US$ 717,4 milhões

6. Manchester à Beira-Mar
Fim de semana: US$ 4,1 milhões
Total EUA: US$ 14 milhões
Total Mundo: US$ 14,5 milhões

7. La La Land – Cantando Estações
Fim de semana: US$ 4 milhões
Total EUA: US$ 5,2 milhões
Total Mundo: US$ 16,5 milhões

8. A Chegada
Fim de semana: US$ 2,7 milhões
Total EUA: US$ 86,4 milhões
Total Mundo: US$ 135,5 milhões

9. Doutor Estranho
Fim de semana: US$ 2 milhões
Total EUA: US$ 226 milhões
Total Mundo: US$ 652,8 milhões

10. Animais Noturnos
Fim de semana: US$ 1,3 milhão
Total EUA: US$ 8,8 milhões
Total Mundo: US$ 20,2 milhões