Emma Watson

Emma Watson revela ter recebido muitas ameaças desde que começou a lutar pela igualdade de gêneros

A atriz Emma Watson vem chamando atenção por seu trabalho como Embaixadora da ONU em prol da igualdade de gêneros, mas nem todos os comentários são positivos. Ela revelou durante o evento One Young World Summit, em Ottawa, Canada, que foi ameaçada diversas vezes desde que fez seu primeiro discurso na Assembléia das Nações Unidas pela causa feminista, em 2014. Veja o vídeo abaixo.

Para a atriz, foi como abrir a Caixa de Pandora. “No começo eu estava eufórica, mas logo depois me senti muito triste por tudo que estava acontecendo”, ela desabafou. “Fiquei bastante nervosa. Todo os meus medos e esperanças chegaram juntos de uma vez só. Fui tanto aplaudida quanto criticada de forma que nunca havia vivido antes”, continuou, antes de revelar que aquilo foi “o começo do que se tornou uma sucessão de ameaças”.

“Os últimos dois anos foram como um batismo de fogo, para dizer o mínimo. Foram os meus primeiros passos assustadores como ativista – uma palavra que nunca pensei que usaria para me descrever”, completou a atriz, que deu uma pausa na carreira para se concentrar em suas atividades contra o sexismo.

Mas ela logo estará de volta nas telas, como a Bela da versão live-action de “A Bela e A Fera”, que chega aos cinemas em março.