Fofoca: Marion Cotillard estaria devastada pelos boatos de ser responsável pela separação de Brad Pitt e Angelina Jolie

A atriz Marion Cotillard estaria “absolutamente devastada” por conta dos boatos de ser a pivô do divórcio de Brad Pitt e Angelina Jolie.

Uma fonte ouvida pelo tabloide inglês Daily Mail garante que, apesar da intriga, o relacionamento da atriz francesa com ator Guillaume Canet é sólido. “Marion e Guillaume estão muito felizes e estes rumores não são o que Marion gostaria de ter ouvido. Os boatos de que ela estaria traindo Guillaume com Brad deixaram ela absolutamente devastada. Isso realmente não é a cara dela”, disse a fonte, que seria próxima à família da atriz.

Cotillard e Canet vivem juntos há uma década e tem um filho de 5 anos. “Ela adora sua família e toda essa comoção está sendo um grande choque para ela”, completou a fonte.

Segundo o tabloide americano New York Post, Angelina Jolie teria contratado um detetive para investigar se Brad estava sendo infiel e conseguido a prova.

Marion e Brad Pitt conviveram juntos durante as filmagens do thriller de espionagem “Aliados” (veja o trailer). Antes da fofoca vir a tona, a química entre eles vinha sendo descrita como “elétrica”. De acordo com o produtor do filme, Graham King, Pitt e Cotillard tiveram uma conexão imediata. “Brad e Marion tiveram imediatamente o maior respeito um pelo outro, então mergulharam em seus personagens, a química entre eles foi elétrica”, ele disse à revista People em agosto.

“Foi crucial para Brad e Marion não só começar a ensaiar juntos antes das filmagens, como também passaram muito tempo desenvolvendo seus personagens com o diretor, Robert Zemeckis. No momento em que chegamos ao set, foi realmente incrível ver esses personagens parecendo reais”, adicionou o produtor.

Eles começaram as filmagens na Inglaterra em fevereiro deste ano e também viajaram para Casablanca e Ilhas Canárias com toda a equipe para algumas cenas.

Na trama, os dois se conhecem durante uma missão para eliminar um embaixador nazista, em Casablanca, durante a 2ª Guerra Mundial, mas após se apaixonarem e decidirem se casar, surgem suspeitas de que a personagem de Cotillard esteve, o tempo inteiro, trabalhando secretamente para outro país e, ao decidir investigar seu passado, o personagem de Pitt vê seu casamento desmoronar.

O roteiro é de Steven Knight (“Senhores do Crime”), a direção é de Robert Zemeckis (“A Travessia”) e a estreia está marcada para 1 de dezembro no Brasil, uma semana após o lançamento nos EUA.