Trailer das Caça-Fantasmas sofre rejeição maciça na internet

 

A Sony e o cineasta Paul Feig (“A Espião que Sabia de Menos”) acharam que seria uma boa ideia fazer uma versão feminina de “Os Caça-Fantasmas” (1984). Os fãs reclamaram. Eles não deram ouvidos e outras “versões femininas” de franquias antigas começaram a ser desenvolvidas. Pois bastou o primeiro trailer das “Caça-Fantasmas” chegar na internet para os protestos atingirem níveis que não podem mais ser ignorados.

O trailer teve um índice altíssimo de rejeição no canal oficial da Sony Pictures no YouTube. Estrelado por Melissa McCarthy (“A Espião que Sabia de Menos”), Kristen Wiig (“Zoolander 2”), Kate McKinnon e Leslie Jones (ambas do humorístico “Saturday Night Live”), o reboot somou mais de 260 mil “dislikes” (não curti) em suas primeiras 48 horas de exibição, praticamente o dobro dos que gostaram, 137 mil. Além disso, foram feitos mais de 100 mil comentários sobre o vídeo, quase todos negativos. Além de reclamarem do elenco, os comentários perguntam onde estão as piadas do trailer, sinalizando a falta de humor da produção, que, para piorar a situação, parece ter se levado muito a sério.

Isto significa que o estúdio tem uma bomba nas mãos, o que geralmente implica numa situação sem saída – mais gastos em publicidade para tentar tornar o filme palatável para o grande público, o que aumenta as despesas e as chances de a produção dar prejuízo. Vale observar que a Sony brasileira nem sequer legendou o trailer até o momento.

A estreia está marcada para 14 de julho no Brasil.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna

Back to site top
Change privacy settings