X/A FAzenda

A Fazenda | Cezar Black exige desmentido da produção após acusação de agressão

Cezar Black está bastante irritado com as atitudes da produção de “A Fazenda 15”. No último domingo (15/10), o peão reclamou pelo fato da equipe ter se pronunciado em defesa de Rachel Sheherazade e Lucas Souza, mas não ter emitido nenhum comunicado sobre as acusações de Jenny Miranda contra ele.

“Aqui dentro houveram duas atitudes aqui: homofobia com o Lucas e falsa acusação de racismo. A produção se posicionou aqui. Eu nunca agredi você ou mulher nenhuma! Eu não me coloco na posição do preto ser acusado e ninguém estar aqui para falar o contrário. Exijo o mesmo respeito”, disparou Black na dinâmica da discórdia, que consistia em fazer os participantes identificarem quem seriam os “manipuladores” e os “marionetes” da edição.

Na sequência, Black destacou que acusação de agressão é algo grave, ainda mais se tivesse ocorrido dentro do reality rural: “Agressão contra mulher é crime e eu não fiz isso. Se eu fizesse isso, não estaria aqui agora. Exijo a mesma coisa que fizeram com duas pessoas brancas aqui. Não aceito! Eu exijo respeito!”.

 

Acusação de agressão

Na dinâmica de discórdia, Cezar Black foi o mais citado como “manipulador” da edição com 8 indicações de diferentes participantes: Yuri Meirelles, Kamila Simioni, Jenny Miranda, Tonzão Chagas, Lilly Nobre, Nadja Pessoa, WL Guimarães e Sander Mecca.

Entre as justificativas, o peão foi acusado de ser articulador e torturador mental, porém a situação teve um peso extra quando Jenny Miranda trouxe à tona um suposto caso de agressão na madrugada de sábado (14/10), durante a discussão com Kally na festa.

Jenny até tentou pedir desculpas, porque viu que a produção de “A Fazenda 15” não tomou nenhuma atitude – nem informou porque agiu assim. Já Black, que realmente não agrediu a peoa, rebateu: “Achei uma atitude extremamente maldosa. Jenny, você está manipulando várias pessoas com essa história de que eu te agredi. Eu não agredi você, não agredi ninguém e nunca agredi mulher nenhuma.”

Cezar Black também destacou a gravidade da acusação e relacionou o assunto ao crime de feminicídio. No entanto, ele não negou ter uma postura de articulador com pessoas de estratégias semelhantes dentro do jogo.