Divulgação/Netflix

“Stranger Things 4” planejava matar mais um personagem

A 4ª temporada de “Stranger Things” terminou com a morte de vários personagens importantes e queridos do público. No entanto, os criadores chegaram a planejar incluir mais uma despedida.

Em entrevista ao site Collider, Ross Duffer explicou que os planos originais para o final da temporada eram um pouco diferentes. “Em termos de quem vive ou morre, acho que houve uma versão em que Dmitri (Tom Wlaschiha), também conhecido como Enzo, não sobreviveria”, disse.

“Acabou conseguindo [se safar]. Mas isso foi uma mudança radical da ideia original em relação ao que foi apresentado”, ele acrescentou.

Entretanto, os Irmãos Duffer afirmam que a alteração do destino de Enzo não afetou o restante da temporada, já que eles sempre têm em mente a história completa que desejam contar. “Uma das primeiras coisas sobre as quais estamos sempre falando é onde queremos que essa história termine?”

“O final é sempre o objetivo. Mesmo quando estamos discutindo o 1º episódio, sabemos exatamente para onde estamos indo. Eu não acho que nos desviamos verdadeiramente do final em nenhuma temporada, sempre nos apegamos a isso”, disse Ross.

Ele confirmou duas mortes da reta final. Spoiler garantido: do Dr. Brenner (Matthew Modine) e Eddie (Joseph Quinn). Mas não mencionou Max (Sadie Sink), que terminou a temporada em coma.

A Parte 2 da 4ª temporada de “Stranger Things 4” foi lançada na Netflix na sexta passada (1/7) e a série encontra-se renovada para mais uma temporada.