Divulgação/20th Century Fox

Ator é demitido de série de striptease masculino por “conduta imprópria”

O ator Hugo Speer não vai mais repetir seu papel de “Ou Tudo ou Nada” (The Full Monty) na série baseada no filme de 1997. Ele foi demitido da produção da Disney+ após acusações de “conduta imprópria”.

O ator inglês de 53 anos havia sido contratado para reprisar o papel de Guy — ao lado de outros ex-colegas de elenco, incluindo Robert Carlyle como Gaz e Lesley Sharp como Jean — na minissérie que retomaria a trama 25 anos após o lançamento da famosa comédia.

A Disney+ soltou uma nota, informando que ele foi afastado após uma investigação interna. “Recentemente, fomos informados de alegações de conduta inadequada de Hugo Speer no set de uma produção encomendada. Como é a política, uma investigação foi iniciada. Após sua conclusão, foi tomada a decisão de rescindir seu contrato, com efeito imediato.”

Segundo o jornal britânico The Sun, durante as gravações, ele teria convidado uma mulher da produção para entrar no seu trailer enquanto estava nu.

Um porta-voz do ator se pronunciou dizendo que “Hugo nega todas as alegações e está desafiando todas elas”.

A produção da série começou no final de março e, por conta disso, Speer deve ter gravado alguns episódios.

A trama vai reencontrar os personagens originais, que ao ficaram desempregados em Sheffield, na Inglaterra, em 1997, conseguiram ganhar dinheiro com um show de striptease masculino. A trama deve acomodar os veteranos ao lado de uma nova geração, vítima do impacto econômico do coronavírus.

A série é uma criação do roteirista Simon Beaufoy, que foi indicado ao Oscar pelo filme original, e também contará com participação do produtor do filme, Uberto Pasolini.

Ainda sem previsão de estreia, “The Full Monty” (título original) será exibida pela Star+ no Brasil e no restante da América Latina. Nos demais países, a atração irá ao ar pela Disney+, exceto nos EUA, onde fará parte da programação da Hulu.

Veja o trailer abaixo para lembrar o filme original.