Adaptação de quadrinhos brasileiros ganha prêmio de incentivo na Coreia do Sul

O projeto do filme “Carniça”, adaptação dos quadrinhos “Carniça e a Blindagem Mística”, de Chico Shiko, foi o vencedor do Prêmio Bucheon de incentivo, anunciado na terça (12/7) durante o Festival Internacional de Cinema Fantástico de Bucheon (BIFAN, na sigla em inglês), na Coréia do Sul. O prêmio é o principal do evento de mercado da Rede de Filmes Fantásticos da Ásia (NAFF), realizado paralelamente ao festival sul-coreano.

Atualmente em desenvolvimento, o longa brasileiro acompanha uma mulher atacada por uma gangue de bandidos que roubam seu filho. Ela faz um pacto para se vingar neste mundo ou, se necessário, no próximo.

“Carniça” será dirigido por Renata Pinheiro (“Carro Rei”) e produzido por André Pereira, da Lupa Filmes, que esteve em Bucheon para apresentar o projeto a potenciais compradores, coprodutores e financiadores.

Além do incentivo financeiro (cerca de US$ 15,3 mil), a produção também ganhou o prêmio Janela de Sangue, que lhe garante credenciamentos, voos e hospedagem paga para levar o projeto ao evento de mercado Ventana Sur na Argentina.

“’Carniça’ representa todas as coisas boas que a fantasia brasileira pode dar ao mundo: um faroeste com cangaceiros, que também é um filme de terror e um conto de vingança. Baseado em uma história em quadrinhos de destaque, o filme de Renata Pinheiro é um dos projetos mais promissores do ecossistema internacional do cinema fantástico”, disse o júri que deu ao projeto o prêmio em dinheiro.