Divulgação/Court TV

Jurado diz que Amber Heard perdeu processo por ser má atriz

Refletindo memes da época do julgamento, um dos jurados responsáveis pela vitória de Johnny Depp no processo de difamação contra Amber Heard disse que o veredito foi resultado das “lágrimas de crocodilo” da atriz.

O programa “Good Morning America” divulgou a declaração, mas sem revelar o nome, a imagem ou a voz do jurado. A única confirmação é que se trata de um dos cinco homens presentes no júri, que contou apenas com duas mulheres.

O júri condenou Amber Heard a pagar US$ 10,35 milhões ao ex-marido, que também foi condenado por difamação, mas com uma indenização em valor muito menor, na casa de US$ 2 milhões. Com isso, Depp foi contemplado com US$ 8,35 milhões, devidos pela atriz a título de indenização por se declarar sobrevivente de violência doméstica.

Segundo o jurado, os integrantes do júri ficaram incomodados com o depoimento da atriz.

“O choro, as expressões faciais, o olhar para o júri… Todos nós estávamos muito desconfortáveis. Ela respondia a uma pergunta e chorava, e dois segundos depois ficava completamente gelada. Alguns de nós usavam a expressão ‘lágrimas de crocodilo'”, ele disse.

Ou seja, ela teria sido uma má atriz na visão do júri.

O entrevistado falou ainda que “o que ele (Johnny) dizia parecia mais verdadeiro. Ele soava mais real no modo como respondia aos questionamentos”.

Em outras palavras, foi um ator melhor.

Apesar dessa relação ter sido feita à exaustão nas redes sociais, o jurado negou qualquer influência externa na decisão do julgamento. “Seguimos as provas. Eu e outros jurados não usamos Twitter ou Facebook. Outros que usaram, fizeram questão de não falar sobre isso”, afirmou.

Detalhe: o campeão de memes foi o TikTok, não mencionado pelo jurado.

O fato de Amber Heard não ter doado os US$ 7 milhões recebidos no acordo de separação, como prometeu em algumas entrevistas e depoimentos, também pesou na decisão do júri.

Isto demonstra que o júri não considerou sua alegação de ter interrompido os pagamentos devido aos custos de defesa do processo de Johnny Depp, nem a declaração de que teria direito a aproximadamente US$ 32 milhões de Depp em seu divórcio sob a lei da Califórnia – valor que ela abandonou inutilmente, acreditando que evitaria estender sua separação pelos tribunais.