Divulgação/MGM

Léa Seydoux será a nova Emmanuelle do cinema

A atriz Léa Seydoux, que escandalizou puritanos com “Azul É a Cor mais Quente”, antes de seduzir James Bond, será a nova Emmanuelle do cinema.

Clássico do cinema erótico, o filme original chegou a ser proibido no Brasil pela ditadura militar e só foi liberado no começo da abertura política, seis anos depois de escandalizar o mundo.

Produção de 1974 do diretor Just Jaeckin, o filme transformou a holandesa Sylvia Kristel na maior símbolo sexual da década pela quantidade de aventuras que protagonizou, tanto com homens quanto com mulheres, durante férias na Tailândia. O repertório era um verdadeiro manual de sexo, começando pelo seleto “mile high club” (sexo em avião).

Silvia Kristel ficou tão famosa que até trabalhou em novela da Globo (“Espelho Mágico”) no período em que o público estava impedido de ver o filme no país.

A trama, por sua vez, é baseada no livro “Joys of Woman”, escrito por Marayat Rollet-Andriane em 1959 e publicado com o pseudônimo Emmanuelle Arsan em 1967 – e rebatizado de “Emmanuelle” em seu lançamento no Brasil.

Hoje, claro, o filme original perdeu a capacidade de escandalizar, mas algumas cenas ainda continuam superando a trilogia “Cinquenta Tons de Cinza”. A expectativa é que uma nova versão seja ainda mais picantes, além de assumir em linhas mais claras a “subtrama” de empoderamento de Emmanuelle, a esposa entediada que descobre a liberdade sexual.

A nova produção será dirigida por uma mulher, o que tende a priorizar o ponto de vista feminino da trama.

A direção está a cargo da cineasta Audrey Diwan, que ganhou o Leão de Ouro do último Festival de Veneza por “L’événement”, um filme sobre aborto passado nos anos 1960.

Segundo o site The Hollywood Reporter, o projeto do filme será apresentado ao mercado pela produtora francesa Wild Bunch International e a agência de talentos CAA durante o Festival de Cinema de Cannes, que começa nesta terça (17/5), com o objetivo de fechar parcerias e antecipar vendas internacionais.

Veja abaixo o trailer (para menores) do filme original.